QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“O mundo é a oficina. O corpo é a ferramenta. O dever a executar é a missão a cumprir.” Emmanuel

Artigos

AGL do Futuro começa agora a escrever a sua História

Enviado em 14 de fevereiro de 2017 | No programa: RBN Notícias | Escrito por José Augusto Pinheiro | Publicado por Rádio Boa Nova

Este é o meu discurso de posse como presidente da Academia Guarulhense de Letras, em solenidade realizada no dia 10 de fevereiro, sexta-feira, no auditório Baeta Neves, da Fig-Unimesp.

É com imensa honra que eu assumo o leme da Academia Guarulhense de Letras – AGL para o biênio 2016-18, ao lado de tão valorosos escritores de nossa amada cidade. A missão será tão complexa quanto prazerosa. Afinal, são poucas as oportunidades em que nós nos descobrimos escrevendo a História no tempo presente.

Desde o dia 08 de dezembro de 1978, a AGL vem cumprindo fielmente a nobilíssima missão de ser a guardiã das Letras Guarulhenses. Nesta cidade, fundada há 456 anos, são muitos os irmãos e irmãs que transformam ideias e sentimentos em signos inteligíveis, compartilhando generosamente com os demais o seu rico conhecimento.

Em passado distante, muitos foram os mestres que sonharam juntos com a edificação de Academia em Guarulhos. Nesse local de intensa permuta de saberes e experiências de Vida, foram inúmeras as almas magnânimas que enveredaram pelo democrático despertar da consciência para uma sociedade mais justa, equilibrada e harmoniosa.

Gasparino José Romão foi o grande pioneiro nesse mister de valorizar o coletivo, sempre em busca de espíritos de escol para o acompanharem na enriquecedora jornada literária. Aos poucos, outros relevantes vultos de nosso pretérito foram adicionando os seus esforços e a sua Luz Interior ao senso comum de aglutinar e de expandir a Sabedoria.

Prestes a completar 40 anos de existência – época em que todo ser vivente atinge a maturidade, a AGL se propõe a olhar para a frente e para o alto. As sementes do Bem, do Belo e do Amor Fraterno continuarão a ser obrigatoriamente plantadas. O solo é fértil, pois a Academia tem hoje importantes sucessores de nossos patronos. A AGL do Futuro começa agora a escrever a sua História…

José Augusto Rodrigues Pinheiro

Deixe seu comentário: