QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Se você perceber, notará que a felicidade está chamando o seu coração para vida nova.” André Luiz

Artigos

Como atrair a prosperidade?

Enviado em 3 de janeiro de 2017 | No programa: Pronto Atendimento | Escrito por Katia Pelli | Publicado por Vanessa Cavalcanti

 

Mulher olhando para o céu, com sol ao fundoQuando ouvimos, pensamos ou lemos a palavra prosperidade, logo criamos um cenário de abundância material. E não está errado esse conceito. Porém, se esse cenário é o primeiro a vir em nossa mente é porque já estamos condicionados a pensar e valorizar em primeiro plano essa necessidade. Mas… E a prosperidade no sentido mais amplo, o que entendemos?

Na Revista Espírita de 1863, Kardec diz uma frase muito importante para refletirmos sobre o assunto “ …quando a Sociedade humana não tem outro objetivo de atividade senão a prosperidade material e o prazer dos sentidos, ela mergulha no materialismo egoísta;…” . Aí está o erro que infelizmente a maioria de nós incorre. Nós, espíritas, entendemos que a prosperidade é um “estado” no sentido de estarmos prósperos e não sermos prósperos materialmente falando.

Entendemos que para alcançar, se assim desejarmos, a prosperidade material precisamos desenvolver antes a prosperidade moral, que se dá em outro nível. Se não mergulharmos nesse desenvolvimento, facilmente teremos como preocupação os sucessos imediatos e lucrativos, e perderemos o senso da honestidade. Precisamos sempre que possível observar se não estamos mergulhando nessa prioridade com frequência, e fazer dessa reflexão uma bússola contra a exacerbação do “ter”.

Assim vamos conseguir frear nossos instintos inferiores, exercitar nossa intuição e modificar nossas ações, sendo mais cuidadosos e mais justos. É um ótimo começo para transmutar nossas energias. Sabemos que atraímos para junto de nós espíritos afins, e se temos o desejo de prosperar é imperativo a mudança na atmosfera psíquica. Não existe prosperidade de fora pra dentro e sim o contrario, portanto, arregacemos as mangas e comecemos o trabalho em nós mesmos, de forma consciente e constante, utilizando três palavras muito em voga nos dias atuais: foco, força e fé.

Foco no objetivo e observando onde queremos chegar. Podemos direcionar nossa atenção para aquilo que realmente queremos, mesmo quando tudo lá fora nos parece dizer que é muito difícil ou impossível.
Força, pois a dificuldade de seguir em frente não é pelo esforço em si do que precisa ser feito, mas pelo peso que é gerado em função do desânimo e da insegurança, que o espiritismo faz dirimir pela segurança e a certeza no porvir.

Fé, a energia de doação (em todos os níveis) cria fluxo, pois o que se emite é o que se recebe. E sabemos que estaremos engrossando nosso ambiente mental de perseverança e bom ânimo, através da criação mental de pensamentos positivos atraindo assim os bons espíritos para nos auxiliar.

Lembrando sempre de sermos gratos ao Criador por tudo o que temos e mesmo pelo que não temos.

Foto ilustrativa: freepik.com

Deixe seu comentário: