QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Mediunidade é a faculdade humana, natural qual se estabelecem as relações entre homens e espíritos.” Centenário de J. Herculano Pires

Atualidades

Apreenda a eliminar o ódio e o rancor

Enviado em 14 de novembro de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

O ódio nada mais é do que um sentimento de raiva mais intenso, a pessoa começa a perder o controle sobre este sentimento e, caso não consiga transformá-lo, passa a praticar atos negativos, por exemplo, desejar o mal para o próximo.

Allan Kardec, em O Evangelho Segundo o Espiritismo, nos diz que:

“Se vós os odiásseis como eles vos odeiam, não valereis mais do que eles. É essa a hóstia imaculada que ofereceis a Deus, no altar de vossos corações, hóstia de agradável fragrância, cujos perfumes sobem até Ele”.

E ainda, a doutrina espírita nos ensina que os pensamentos e as palavras geram energia, ou seja, todo ódio que é gerado por uma pessoa, voltará para ela. Essa é a lei da ação e reação, conhecida também como a lei do retorno.

Já o rancor é uma emoção, sentimento negativo que faz com que a pessoa se lembre de algo que o magoou profundamente, e isso, faz com que ela deseja devolver de alguma maneira essa dor. O codificador da doutrina espírita, em O Livro dos Espíritos, fala sobre a necessidade do homem.

“Sabemos que a necessidade é tudo aquilo que é indispensável ao homem, em todos os sentidos: moral, físico, intelectual, social, etc. […] nós, seres humanos, criamos tantas outras necessidades que, na verdade, são desejos e caprichos pós-modernos dos quais não queremos abrir mão e com os quais nos relacionamos, muitas vezes, de forma doentia e desequilibrada. Cultivar a raiva seria mais um exemplo desses aspectos.”

O comunicador, Paulo Henrique de Figueiredo no programa Boletim, da TV Mundo Maior, disse que a alma possui características diferentes de um corpo físico.

“A raiva, o medo, o prazer, a dor, são emoções do ser encarnado, ou seja, do corpo físico. O rancor não é de origem espiritual. O perispírito está relacionado com o que você pensa e sente, Mas estes são sentimentos puros (não emoções). O ser humano, muitas vezes, abusa das emoções e ao se deparar com algo que não gosta, não se conforma”.

O ódio e o rancor não levam a lugar nenhum, são sentimentos e pensamentos negativos que fazem mal para o nosso coração e a nossa alma.

Confira cinco frases e apreende a eliminá-los.

“Evite sentimentos corrosivos como o rancor, a raiva e a mágoa, que nos tiram noites de sono e em nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los.” (Friedrich Nietzsche)

“Aqueles que estão livres de pensamentos rancorosos certamente encontram a paz.” (Buda)

“Se você odeia alguém, é porque odeia alguma coisa nele que faz parte de você. O que não faz parte de nós não nos perturba.” (Hermann Hesse)

“Não permita que nenhum homem o faça descer tão baixo a ponto de sentir mágoa e ódio. Seja uma alma superior.” (Martin Luther King)

“Quem guarda rancor, coleciona lixo moral e, consequentemente, termina enfermando. O mal que te façam, não deve merecer o teu sacrifício. Se alguém deseja ver-te infeliz, age de forma contrária, vivendo com alegria.” (Joanna de Ângelis)

Fontes: Rádio Mundial | Rádio Boa Nova

Deixe seu comentário: