QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“A caridade dos Céus é fonte que não se esgota.” Auta de Souza

Atualidades

Devemos sempre confiar no outro?

Enviado em 9 de novembro de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

O mundo está cada vez mais cruel e egoísta, por isso, por mais otimista que sejamos é válido reconhecer que não se pode confiar em todo mundo, já que existem pessoas boas e más ao nosso redor. Por exemplo, no último final de semana, em Minas Gerais, uma menina combinou carona através de um grupo de whatsapp e acabou morrendo.

Kelly Cristina combinou a carona com um casal, porém no momento da viagem a mulher desistiu. De acordo com informações a polícia, o último contato da família com a menina foi quando ela parou para abastecer em um posto de gasolina. O corpo da jovem de 22 anos, foi achado em um córrego entre as cidades de Frutal e Itapagipe, no Triângulo Mineiro.

Em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, o especialista em segurança pública, Fernando Veloso, disse que não podemos nos deixar levar por uma aparente amizade virtual.

“Não é porque uma pessoa participa de um grupo em uma rede social por um tempo,  que você conhece aquela pessoa”.

Com situações como esta, será que devemos confiar em todo mundo?

A confiança é algo fundamental em nossas vidas, por isso, caso você esteja desconfiando de que alguém possa te prejudicar, peça uma segunda opinião e não vire um fantoche na mão da pessoa. E ainda, você pode confrontar a pessoa com determinadas situações.

Alexandre Caldini, no programa Interpretando a Vida, disse que o custo emocional da desconfiança é muito grande, e aquele que não merece a nossa confiança acaba ficando de lado, porém ao notar isso, começa a mudar seus hábitos e sempre acaba voltando.

Já Allan Kardec, no livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, nos ensina “que a confiança nas suas próprias forças torna o homem capaz de executar coisas materiais que não consegue fazer quem duvida de si”.

 

Fontes: Verdade e Luz | Globo 

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

Deixe seu comentário: