QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Um dos aspectos notáveis da evolução espiritual humana é que todos os doentes da alma se tornam médicos por sua vez.” Bezerra de Menezes

Atualidades

Setembro Amarelo – Falar é a melhor solução

Enviado em 13 de setembro de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

Neste mês está sendo realizado o “Setembro Amarelo”, campanha esta voltada para a prevenção do suicídio. A ação tem como objetivo alertar a população a respeito do suicídio no Brasil e no mundo.

Muitas pessoas julgam este assunto como proibido, porém precisa ser discutido. A vontade de tirar a própria vida não é momentânea, ela está ligada a uma doença mental, a depressão. Os principais sintomas de um comportamento suicida são:

  • Mudanças de comportamento
  • Abandono das atividades sociais
  • Instabilidade emocional e depressão
  • Agitação e irritabilidade
  • Consumo de álcool e drogas

No livro “Memórias de um suicida”, psicografia de Yvone Pereira do Amaral, o espírito Camilo descreve sua experiência como suicida. Confira:

“O suicídio é uma teia envolvente em que a vítima – o suicida – só se debate para cada vez mais confundir­se, tolher­se, embaraçar­se.”

Já em relação a certeza da continuação da vida, Camilo relata o sentimento que o arrebatou:

“Sentia-­me, pois, ainda cego; e, para cúmulo do meu estado de desorientação, encontrava­-me ferido. Tão somente ferido e não morto! Porque a vida continuava em mim como antes do suicídio!”

Qual a importância da ajuda neste momento?

As pessoas que ameaçam tirar a própria vida podem desistir da ideia, quando recebem ajuda preventiva ou oferta de socorro de uma crise.

Pode até parecer difícil conversar com pessoas que possuem esses tipos de pensamentos, por isso, é preciso ter paciência e escutar a pessoa sem julgamentos. Não fale que ela precisa ser forte ou que está exagerando. É importante saber se ela está pensando em fazer algo, já que a resposta pode ser um alerta.

Procure sempre ajudar o próximo e ser caridoso. Allan Kardec, na obra O Evangelho Segundo o Espiritismo, capítulo XVII, que o homem quando pratica a caridade faz o bem pelo bem.

O homem possuído pelo sentimento de caridade e de amor ao próximo faz o bem pelo bem, sem esperar recompensa, paga o mal com o bem, toma a defesa do fraco contra o forte e sacrifica sempre o seu interesse à justiça.

Já em relação a ajuda de profissionais, no Brasil existe o CVV – Centro de Valorização da Vida, que por meio de voluntários, contribui com a prevenção ao suicídio.

E a FEAL – Fundação Espírita André Luiz lançou o Centro de Atendimento Solidário Online – C.A.S.O, que tem como objetivo oferecer o acolhimento e base espírita existentes nos centros.

Todo o serviço que é realizado gratuitamente, através do Skype, conta voluntários espíritas que estão altamente qualificados e dispostos a oferecer um tratamento solidário.

Para ter acesso a este sistema é preciso preencher um formulário e escolher uma data e hora para o atendimento. Após a confirmação do atendimento, um dos voluntários irá ouvi-lo na data marcada.

Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, aos sábados, das 9 às 15 horas.

Mais informações e cadastramento. Acesse: https://amigosdaboanova.com.br/caso/

Saiba como se tornar um voluntário do C.A.S.O 

Confira o texto: Por que não me suicidar? da TV Mundo Maior.

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

Deixe seu comentário: