QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“A caridade dos Céus é fonte que não se esgota.” Auta de Souza

Artigos

“Bacalhoada” para o Ano Novo

Enviado em 26 de dezembro de 2014 | No programa: | Escrito por Vanessa Cavalcanti | Publicado por Rádio Boa Nova

Nesta semana você confere uma deliciosa receita para o ano novo.

Os depoimentos, a mensagem e a poesia espírita você também encontra aqui!

Envie suas dicas pelo e-mail: ouvinte@radioboanova.com.br 

Depoimentos

Marcio Augusto Monteiro (São Paulo – SP): Bom dia a todos desta rádio maravilhosa que nos transmite conhecimento, informações, mensagens de Fé, Esperança. Sou sócio também. Luz e Paz a todos!

 

Fernanda Tavares Vestfahl: Maravilhosa! Sempre que posso estou conectada na rádio e me associei para ajudar na divulgação da Doutrina Espírita que tanto nos ajuda e esclarece. Parabéns a todos vocês que se dedicam para fazer este trabalho maravilhoso.

Receita

Bacalhoada Veganabacalhoada vegana

Ingredientes:

500 g de batatas cozidas (com casca e cortada em rodelas)
200 g de cenoura (sem casca e cortada em rodelas)
1 cebola cortada em rodelas
1 xícara de cogumelo shitake desidratado
1/2 maço de cebolinha
10 folhas de salsinha
4 dentes de alho picados
1 tomate cortado em rodelas ou picado (sem pele e sem sementes)
3 colheres (sopa) de wakame (alga marinha)
2 colheres (sopa) de shoyu
Sal, azeite e manjerona a gosto

Modo de preparo:

  1. Hidrate a alga e o shitake separadamente com água quente.
  2. Utilize a água que foi usada na alga e no shitake para cozinhar as cenouras e as batatas (você precisará acrescentar mais água para isso).
  3. Depois de cozidos, disponha-os em uma assadeira e acrescente cebolinha, tomate, salsinha, cebola e alga marinha e misture bem.
  4. Frite o shitake no azeite, depois doure o alho.
  5. Adicione-os na assadeira e misture novamente. Por último adicione azeite, shoyu, sal e manjerona.
  6. Misture tudo muito bem (com cuidado para não desmanchar as batatas).
  7. Asse em forno médio por 35 minutos, coberto com papel-alumínio.
  8. Sirva com o tipo de arroz que desejar.

 

Dica: Deixe tudo preparado antes. Corte as cebolas, pique a cebolinha, etc. Você ganha muito tempo fazendo isso e a receita anda bem mais rápido. 

Mensagem

O que Interessa

As ocorrências da vida se destacam em dias determinados, na senda de todos:

  • as tribulações em família;
  • os obstáculos no trabalho;
  • as enfermidades de longo curso;
  • os desgostos domésticos;
  • os momentos de erro;
  • os tempos de crise;
  • os empecilhos profissionais;
  • as incompreensões de pessoas queridas;
  • os dias de reconforto;
  • as horas de êxito nas realizações laboriosamente esperadas;
  • os sofrimentos ocultos;
  • os parentes difíceis;
  • as aversões gratuitas;
  • os companheiros problemas;
  • os prejuízos de consequências graves;
  • os negócios infelizes;
  • as épocas de solidão;
  • e as sombras da tempestade, quando a tempestade nos domina o ambiente…

De tudo isso, a Providência Divina toma o conhecimento preciso, através dos mensageiros que a representam, junto de nós, mas, em verdade, aquilo que ao Plano Superior interessa saber é o nosso tipo de reação, diante disso ou daquilo que nos sucede.

 

Pelo Espírito André Luiz. Psicografia de Francisco Cândido Xavier. 

Poesia

“Pomada Amor”

A Pomada “Vovô Pedro”

É um prodígio de amor,

Cuja fórmula divina

Pertence ao próprio Senhor.

Árvore com folhas vermelhas

Cicatrizando feridas,

Seja no corpo ou na alma,

É unguento abençoado

Nas tantas dores que acalma.

 

A quem dela necessita,

Aqui, além e acolá,

Ela sempre cai do Céu

Transfigurada em maná.

 

É remédio e alimento

Que nos sustenta de pé,

Quando, por vezes, estamos

Fragilizados na fé.

 

Nos momentos de aflição,

Sob a cruz a que se enlace,

Para quem recorre a ela

Vale uma prece ou um passe.

 

A Pomada “Vovô Pedro”,

Feita de raios de luz,

É uma dádiva sublime

Do Coração de Jesus!…

 

Eurícledes Formiga

 

Fonte: cantinhovegetariano.com.br

Fotos ilustrativas: cantinhovegetariano.com.br e missaodespertar.org.br

Deixe seu comentário: