QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Um dos aspectos notáveis da evolução espiritual humana é que todos os doentes da alma se tornam médicos por sua vez.” Bezerra de Menezes

Artigos

Boêmia e Espiritualidade ou Seu Assunção e Deusy

Enviado em 23 de dezembro de 2013 | No programa: Pensamento e Vida | Escrito por Antonio Carlos Tarquinio | Publicado por Rádio Boa Nova

estrelasDe família espírita, quando menino ouvia histórias. Meus pais haviam feito amizade com um casal que os visitava naquele dia. Ele com nome inspirado na subida da virgem Maria ao céu. Ela com nome de divindade.

Disse-nos ele, diante de meus olhos e ouvidos maravilhados, que em Uberaba, ou em Pedro Leopoldo, não me lembro bem, era possível encontrar o Chico – o nosso Chico, sabe? – Em algum botequinho, já na alta madrugada, na companhia de cafés, pessoas, conversas e estrelas…

Na minha mente de criança imaginei a cena: o Chico com toda aquela atmosfera espiritual que o envolvia, e junta a ela, aqueles amigos que poucos merecem ter, e as pessoas sequiosas de saberes e apaziguamentos, perguntando-lhes acerca de tantas coisas…

Os Evangelhos em nossa casa, no tempo em que meus pais ainda estavam juntos, eram para mim, apenas um corolário, uma pequena amostra, do que eu sempre excogitei ser aqueles encontros com o Chico à luz das estrelas de Minas Gerais. Naquela época, os espíritas eram instruídos a convidar para a prece no lar, os visitantes, e a maioria dos forasteiros lá de casa, eram “lá de casa”, ou seja, meus amigos de infância. Foi assim que cresci acreditando que a boa palavra trocada é caminho de ascensão espiritual.

Hoje, as almofadas coloridas acomodadas em cadeiras de vime situadas na varanda de nossa vivenda, representam para mim a esperança de dar continuidade àqueles momentos que começaram com minha admiração pelas conversas do Chico.

Por isso que, de quando em vez, o silêncio vazio da família reunida diante da televisão, me entristece.

 

Antonio Carlos Tarquínio

Deixe seu comentário: