QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“A caridade dos Céus é fonte que não se esgota.” Auta de Souza

Artigos

Dar aos Pobres

Enviado em 18 de novembro de 2014 | No programa: Além do Arco-Íris | Escrito por Richard Simonetti | Publicado por Rádio Boa Nova

Reza a sabedoria popular:

Quem dá aos pobres empresta a Deus.

A origem está num adágio, contido em Provérbios, na Bíblia.

O que se compadece do pobre empresta ao Senhor, e Ele lhe recompensará o benefício (19:17).

Os empresários deveriam considerar essa possibilidade.

Atender os pobres seria, talvez, o mais valioso de todos os investimentos. Que agente melhor credenciado para gerir o nosso dinheiro?

O próprio Criador!

Dinheiro investido na população carente – rendimento seguro, infalíveis recompensas, retorno enriquecido do capital aplicado, com as benesses da contabilidade divina.

Oportuno, portanto, abrir as burras, isto é, os cofres, em favor dos desvalidos.

Quem mais doar, mais receberá!

 Mãos abertas

O Espiritismo é um desmancha-prazeres, mais exatamente, um desmancha negócios, porquanto esclarece que dar aos pobres não é mero investimento.

Somos convocados a fazê-lo, não para multiplicar nosso capital na Terra ou conquistar o Céu.

Há uma única e irrecusável motivação:

É o nosso dever!

Imperioso atender os pobres sem pensar em galardões.

Quando muito, cogitando de uma única recompensa:

A certeza do dever cumprido!

Talvez pareça pouco, meu caro leitor, mas lembre-se:

Sem o cultivo do Bem, sem o empenho em minorar as misérias humanas, jamais teremos paz.

A ausência dela, como você sabe, é a pior de todas as carências.

Sem ela de nada nos valerá ganhar o mundo.

Haverá sempre um gosto amargo de insatisfação em nossas realizações.

Em defesa da paz, portanto, vamos emprestar a Deus, não apenas o nosso dinheiro, mas também o nosso tempo, o nosso trabalho, a nossa dedicação, a nossa vida, atendendo aos apelos da solidariedade!

Somente assim seremos realmente ricos.

Ricos das bênçãos divinas!

Ricos de felicidade!

Ricos de paz!

Investimentos      

         Como aplicar bem o dinheiro?

Faça doações.

Qual a vantagem?

É um investimento.

Para garantir o Céu?

Para abençoar a Terra.

Há bons rendimentos?

Alegria e bem-estar.

Por que é tão difícil?

O egoísmo atrapalha.

Como neutralizar o egoísmo?

Investindo na compaixão.

Em que instituição?

No Banco do coração.

 

Foto ilustrativa: vicentinos.info

Deixe seu comentário: