QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Antes de tudo precisamos entender que nada sabemos. Então, estaremos conscientes de nossa ignorância e capazes de aprender.” Centenário de J. Herculano Pires

Editorial

151 anos de “Alice no País das Maravilhas”

Enviado em 26 de junho de 2016 | Publicado por Rádio Boa Nova

Jovens ou adultos, todos sem dúvida conhecem as aventuras de uma garota loira que se perde em um mundo subterrâneo: Alice no País das Maravilhas.

A obra mais célebre do gênero literário nonsense, atravessa o limite entre literatura infantil e adulta e completa 151 anos.

Você sabe como surgiu essa fantástica história literária, e que hoje ganhou fama nas telonas?

Em 1862, o matemático Charles Lutwidge Dodgson fez uma viagem de barco pelo rio Tâmisa com o amigo Robinson Duckworth, pai de Loriny, Edith e Alice. Para entreter as meninas durante o percurso, Charles lhes contou de improviso a história de uma garota que entra em uma toca de coelho e começa a viver aventuras fantásticas em um lugar povoado por criaturas oníricas sem lógica de tempo e espaço. Alice gostou tanto da história contada que pediu para que Charles a escrevesse.

Dois anos depois, mais precisamente no dia 04 de junho de 1865, com o pseudônimo de Lewis Carrol, Dodgson publicou 2 mil cópias de Alice no País das Maravilhas, pela editora Macmillan.

Em 2010, o roteiro de Lewis virou filme pela direção de Tim Burton. É aí então que “Alice nos País das Maravilhas” vai para as telas do cinema. No mês de maio o diretor lança a continuação das aventuras de: “Alice Através do Espelho”, um filme que emociona, envolvendo uma série de reflexões sobre o tempo.

Vale a pena assistir, confira o trailer:

Deixe seu comentário: