QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Frase da semana: Nos momentos de crise, não te abatas… Escuta. Por nada te revoltes, nem te amedrontes…Ora.” Chico Xavier

Editorial

Afonso Moreira Júnior foi destaque no “Leitura Dinâmica”

Enviado em 30 de dezembro de 2015 | Publicado por Juliana Chagas

O publicitário, escritor, orador, fundador do Grupo Espírita Geam (SP) e comentarista do “Jornal Nova Era”, Afonso Moreira Júnior participou do quadro “Leitura Dinâmica”.

José Damião e Afonso Moreira Júnior na Rádio Boa Nova

Afonso concedeu entrevista ao apresentador José Damião falando a respeito do conteúdo de “Giovana” romance de Léon Denis, filósofo, médium e um dos principais continuadores do espiritismo após o desencarne de Allan Kardec.

Conheça mais sobre a sua trajetória e confira abaixo a sinopse desta fantástica obra lançada pela Lachatre Editora:

“O amor é a celeste atração das almas e dos mundos, a potência divina que liga os universos, os governa e fecunda, o amor é olhar de Deus!” – afirma Léon Denis (1846–1927).

“Giovana” foi publicado pela primeira vez em 1880. Um de seus primeiros textos espíritas foi inspirado por viagem que o autor empreendeu à Itália, ainda jovem, quando a serviço de um estabelecimento comercial. A primeira publicação da obra ganhou as páginas do periódico Paix Universelle e, mais tarde, a Revista Espírita de Allan Kardec.

Dois jovens encontram-se e sentem-se atraídos: dividem as mesmas ideias e dúvidas sobre a imortalidade da alma e a reencarnação em diversos mundos. O cenário bucólico – céu estrelado, montanhas nevadas, sombrias florestas, caudalosos riachos e lagos que refletem o esplendor do firmamento – serve de pano de fundo para uma emocionante e envolvente história de amor.

O romance “Giovana” é agradável surpresa para o leitor habituado a enxergar em Léon Denis o eloquente divulgador espírita, reconhecido por obras doutrinárias de grande expressão, fundamentadas em pesquisas e profundas reflexões filosóficas. Nesta breve e singela passagem pelo romance, Denis revela sua alma de poeta, expressa a beleza que espelha sua fé na Providência Divina, destaca a fé raciocinada que remove montanhas.

“Recorda-te de que a vida é curta, esforça-te, pois, por conquistar, enquanto podes, aquilo que viestes aqui realizar: o verdadeiro aperfeiçoamento. Possa teu espírito partir desta Terra mais puro do que quando nela entrou! Pensa que a Terra é um campo de batalha, onde a matéria e os sentidos assediam constantemente a alma; corrige teus defeitos, modifica teu caráter, reforça a tua vontade; eleva-te pelo pensamento, acima das vulgaridades da Terra e contempla o espetáculo luminoso do céu”, disse Léon Denis.

Nesse sentido, “Giovana” é prazerosa e útil leitura, na qual, a cada página, Denis nos remete, sutilmente, aos ensinamentos espíritas expressos nas Obras Básicas de Allan Kardec.

 

Acesse em breve a entrevista na íntegra pelo offline na página do quadro “Leitura Dinâmica” em nosso site.

Deixe seu comentário: