QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Um dos aspectos notáveis da evolução espiritual humana é que todos os doentes da alma se tornam médicos por sua vez.” Bezerra de Menezes

Editorial

Conheça a comunicação ideal nas redes sociais, segundo o espiritismo

Enviado em 28 de julho de 2017 | Publicado por Elen Alarça

“Nada neste mundo consome mais rapidamente um homem que a paixão do ressentimento”, disse o filósofo Friedrich Nietzsche no século 19. As redes sociais, muitas vezes, viram um palco de mágoas e angústias. No entanto (e ainda bem!), diversas pessoas usam essas comunidades virtuais para praticar a empatia com o próximo. 

Essa é a conclusão de um estudo da Universidade de Columbia (EUA), publicada na revista Personality and Social Psychology Bulletin. Foram selecionados 166 pessoas que não se conheciam. Eles passaram três semanas conversando entre si, numa rede social criada pelo estudo, para tratar de casos pessoais em suas vidas.

Para avaliar os resultados obtidos, os participantes responderam um questionário sobre sua vida emocional antes e depois do experimento. A conclusão foi a seguinte: conforme publicavam textos na rede social e recebiam feedback, os sintomas de depressão retrocederam. “Ajudar os outros a regular suas reações emocionais a situações estressantes pode ser uma forma particularmente poderosa de praticar e aperfeiçoar nossas próprias habilidades de regulação, que podem então ser aplicadas para melhorar nosso próprio bem-estar emocional”, avaliam os pesquisadores.

No capítulo 7 do “O Livro dos Espíritos”, de Allan Kardec, é ressaltado a primazia da comunicação na escalada evolutiva do ser humano. “Os Espíritos confirmam a Kardec que a vida social está na natureza; para isso, foi outorgada ao homem a possibilidade do uso da palavra.”

Já o médium, Chico Xavier, nos mostrou que podemos usar as redes para acalentar os corações de quem precisa do consolo de uma palavra amiga: “O modelo perfeito de comunicação que o Espiritismo sugere à Humanidade é o mesmo proposto pelo Cristo, quando implantou a boa nova nas raízes profundas da história. Portanto, é necessário usar as redes sociais com esse intento, ou seja, o de acrescentar valor à vida das pessoas que precisam de alento espiritual. A culminância do encontro entre o doador e o necessitado, entre quem tem para oferecer e quem precisa receber, se revela na presença dele na Terra.” [Xavier, Francisco; Vieira, Waldo. Pelos Espíritos Emmanuel e André Luiz. 4 ed. Ed. CEC. Cap. 10].”

Percebemos que a comunicação ideal entre os internautas se refere as pessoas se procurando para suprir as exigências da evolução de todos os seres. Utilizemos a palavra edificante e as o nosso conhecimento como maneiras de elevar a alma para novos degraus ascendentes.

Fontes: Revista Planeta e Forum Espírita.

Leticia Lopes, 26, é jornalista guarulhense formada pela Faculdade Anhanguera e colaboradora da Rádio Boa Nova e TV Mundo Maior. Já assinou matérias em jornais locais e atuou como assessora de comunicação. Nas horas vagas, gosta de ler romances e revistas de jornalismo literário. Não dispensa uma boa pizza e a companhia de amigos. É nerd, adora jogar videogame. Além
disso, é apaixonada pelo mundo espiritual e por recursos que estimulam o autoconhecimento.

Deixe seu comentário: