QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“O operário há de amar enternecidamente a máquina que o ajuda a viver, lubrificando-lhe as peças e harmonizando-lhe os implementos, se não deseja relegá-la à inutilidade e à secura.” Emmanuel

Editorial

Crianças Índigo: a nova geração

Enviado em 11 de janeiro de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

Grande parte da população possui questionamentos em relação ao que é e o que significa “crianças índigo” ou “crianças cristais”.

Desenho de criança em fundo azul

Índigo, planta da Índia da qual se extrai uma coloração azul, inicialmente era aplicada em calças e hoje nas roupas em geral. Crianças são chamadas assim devido ao fato de possuírem uma aura na tonalidade azul, afirma Dra. Nancy Ann Tappe, parapsicóloga americana.

“Desde os anos 70, aproximadamente, psicólogos, psicoterapeutas e pedagogos começaram a notar a presença de uma geração estranha, muito peculiar” explica Divaldo Franco em sua obra “A Nova Geração: A visão Espírita sobre as crianças índigo e cristal”.

Destacadas pelas características diferenciadas das demais crianças, as crianças índigo demonstram desde cedo que fazem parte de uma geração especial.

São rebeldes, hiperativas, extremamente inteligentes e por estes e outros motivos, necessitam de apoio médico, familiar e também dos professores.

Relação com a Doutrina

É normal associar o conceito índigo ao Espiritismo, uma vez que a Doutrina se interessou mais sobre o assunto, porém este não é um assunto especificamente religioso.

Precisamos observar com carinho esta nova geração que reencarna em grande número, principalmente nesta fase de transição em que estamos passando e oferecer o auxílio psicológico correto para estes pequeninos. Eles têm muito a contribuir conosco.

Disse o Cristo: “Deixai vir a mim os pequeninos”. Essas palavras, tão profundas na sua simplicidade, não fazem apenas um apelo às crianças, mas também às almas que gravitam nos círculos inferiores, onde a desgraça desconhece a esperança. Jesus chamava a si a infância intelectual da criatura formada: os fracos, os escravos, os viciosos. Ele nada podia ensinar à infância física, presa na matéria, sujeita ao jugo dos instintos, e ainda não integrada na ordem superior da razão e da vontade, que se exercem em torno dela e em seu benefício. – Capítulo VIII, O Evangelho Segundo o Espiritismo.

Dica da Rádio Boa Nova

Ouça o programa Presença Espírita com Divaldo Franco e o tema “Criança índigo X Criança Cristal”.

O que é “criança índigo”? Saiba a resposta! Assista ao programa Sem Dúvida transmitido pela TV Mundo Maior.

 

Foto de chamada: falamamae.com

Foto ilustrativa: 3.bp.blogspot.com

Deixe seu comentário: