QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“O mundo é a oficina. O corpo é a ferramenta. O dever a executar é a missão a cumprir.” Emmanuel

Editorial

A difícil decisão de mudar!

Enviado em 12 de julho de 2017 | Publicado por Eliete Ribeiro

Quem nunca pensou: porque esta pessoa não muda? Eu não aguento mais esta postura desajustada dele. São muitos os questionamentos quando o assunto é “Mudar”. Mas você já parou para pensar o quão difícil é a decisão de mudar a si próprio, dirá tentar mudar o próximo? A mudança deve partir primeiramente de nós, para depois ela atingir quem está próximo. Mudar é um exercício árduo e dolorido, principalmente, quando temos que fazer coisas bem diferentes do que estamos acostumados. Significa sair da zona de conforto, sair do quentinho para enfrentar o desconhecido e dar de cara com as incertezas da vida. Mudar implica renovar e não só as atitudes, mas também os pensamentos. O primeiro passo está no planejamento em não aceitar mais as coisas da maneira que ela está. Por exemplo, se você não está satisfeito com você mesmo, seja com o seu corpo, ou está magro demais, ou porque está gordo demais, não gosta do seu cabelo, enfim, não está se sentindo bem com a sua aparência, e aí, vem a pergunta: o que você está fazendo para mudar este descontentamento? Está se alimentando melhor? Procurando ajuda médica? E quando falamos em relacionamento? Você não está feliz com o seu casamento? Acha que merecia uma companhia melhor? Mas e você está disposto a investir nesta relação? Realmente acha que teria algo melhor preparado para você? Então permita-se dar esta oportunidade de correr atrás de tudo novo, mas tenha em mente que não vai ser fácil.

“Os Espíritos influem sobre os nossos pensamentos e as nossas ações?
-Nesse sentido a sua influência é maior do que supondes, porque muito frequentemente são eles que vos dirigem.
Temos pensamentos próprios e outros que nos são sugeridos?
-Vossa alma é um Espírito que pensa; não ignorais que muitos pensamentos vos ocorrem, a um só tempo, sobre o mesmo assunto, e frequentemente bastante contraditórios. Pois bem: nesse conjunto há sempre os vossos e os nossos, e é isso o que vos deixa na incerteza, porque tendes em vós duas ideias que se combatem”. (O Livro dos Espíritos, Allan Kardec)

A oração da serenidade é um exercício e tanto para modificar e tentar colocar em prática:

“Concedei-me, Senhor a serenidade necessária
Para aceitar as coisas que não posso modificar.
Coragem para modificar aquelas que posso e
Sabedoria para conhecer a diferença entre elas.

Vivendo um dia de cada vez
Desfrutando um momento de cada vez
Aceitando que as dificuldades constituem o caminho à paz
Aceitando, como Ele aceitou
Este mundo tal como é, e não como eu queria que fosse
Confiando que Ele Acertará tudo
Contanto que eu me entregue à Sua vontade
Para que eu seja razoavelmente feliz nesta vida
E supremamente Feliz com Ele eternamente na próxima”.

— Reinhold Niebuhr

Se você está pensando por que nada muda na minha vida? Já tentou fazer diferente? De repente, nada muda, porque você está fazendo sempre tudo muito igual. Tente fazer diferente. Se você grita procure falar baixo, se você é agitada tente ser mais calma, se fala demais, procure ouvir mais. Analise tudo que é necessário fazer diferente, não seja resistente dê espaço para o novo.

“Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas se transformem pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:2)

Fuja da síndrome de Gabriela: “Eu nasci assim, eu cresci assim, e sou mesmo assim, vou ser sempre assim…

Fonte das Imagens: http://pt.freeimages.com

Deixe seu comentário: