QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Corrigirás o mal com o bem, afastarás a agressão com a paciência.” Emmanuel

Editorial

Pesquisa indica que 30% dos homens se sentem sozinhos

Enviado em 18 de maio de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

A solidão é descrita pela psicologia como um estado interno, como um sentimento de que algo ou alguém está faltando. Ainda de acordo com a psicologia, a solidão é uma “doença traiçoeira” porque não é possível detecta-lá, o que acaba gerando: isolamento, desânimo, tristeza e baixo autoestima.

Um estudo da Comissão Jo Cox on Loneliness, que fala sobre o impacto da solidão no Reino Unido, apontou que 30% dos britânicos se sentem sozinhos pelo menos uma vez por semana. Dos 1.200 entrevistados, todos do sexo masculino, 35% falaram que se sentem deprimidos por conta da solidão e 40% acreditam estar isolados.

A pesquisa concluiu que os homens sentem mais solidão aos 35 anos. E quais seriam os motivos?

De acordo com o estudo, os principais motivos para a solidão estão o desemprego, fim de relacionamentos, mortes de pessoas próximas e a distância da família e amigos.

E ainda, o jornal The Guardian, aproveitando outros levantamentos descobriu em quais idades atingimos o auge em várias situações. De acordo com o jornal, o pico da depressão é aos 44 anos, que é a chamada “crise da meia idade”.

O que o espiritismo diz sobre a solidão?

No quadro Boletim, da TV Mundo Maior, André Marouço disse que quando abdicamos o chamado trato social, nós nos fechamos em um casulo, além de não termos condições de visitar o nosso interior.

Jonna de Ângelis, no livro “O Homem Integral”, psicografado por Divaldo Franco, disse que a solidão é cruel e tem origem nos medos.

“Solidão é espectro cruel que se origina nas paisagens do medo e que na atualidade, é um dos mais graves problemas que desafiam a cultura e a humanidade. O homem solitário é todo aquele que se diz em solidão, exceto nos casos patológicos, alguém que se receia encontrar, que evita descobrir-se, conhecer-se, assim ocultando a sua identidade na aparência de infeliz, de incompreendido e abandonado.”

E a partir de que momento passamos a sofrer com a solidão?

Segundo o espírito Hammed, no livro “As dores da Alma”, psicografia de Chico Xavier:

Sofremos de solidão toda vez que desprezamos as inerentes vocações e naturais tendências da alma […] nos distanciamos do que realmente somos, criamos um autodesprezo, passando, a partir daí, a desenvolver um sentimento de solidão, mesmo rodeados das pessoas mais importantes e queridas de nossa vida.”

Quando a solidão bater é preciso ocupar a sua mente, tornar-se mais sociável

Saiba mais sobre o assunto no vídeo: A Solidão na Visão Espírita, da TV Mundo Maior

E conheça o texto: Qual a visão espírita da depressão?, da Rádio Boa Nova

Fontes: TV Mundo Maior | Visão Espírita | O Globo

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

Deixe seu comentário: