QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Frase da semana: O amor é uma força que transforma o destino.” Chico Xavier

Editorial

Podemos comer caroços e sementes das frutas?

Enviado em 3 de dezembro de 2016 | Publicado por Juliana Chagas

abacateTodo mundo já ouviu histórias de que se comermos sementes ou caroços de frutas podemos ter crise de apendicite ou então que vai crescer uma árvore dentro de nós. De acordo com especialistas entrevistados pelo UOL, estas histórias não passam de mitos, já que a apendicite é causada pela sua obstrução a partir do excesso de muco que vem do intestino ou pelo aumento de seu tamanho, e a árvore para se desenvolver precisa de luz, água e gás carbônico.

As sementes e os caroços de algumas frutas fazem bem para o nosso organismo, já que elas oferecem mais nutrientes do que a própria polpa, porém, é necessário evitar ingeri-las em grandes quantidades.

Por exemplo, o caroço de abacate ajuda no combate ao envelhecimento. As sementes da melancia são ricas em vitaminas e sais que ajudam a manter cabelo, unhas e pele saudáveis. Porém elas precisam ser mastigadas ou então batidas no liquidificador junto com a polpa para os nutrientes serem absorvidos.

Podemos comer todos os caroços e sementes?

Quando ingeridos com moderação eles não fazem mal à saúde, mas, algumas apresentam elementos “antinutricionais” que podem ser tóxicos.

Nas sementes da maçã, da cereja, do damasco, do pêssego e da pera, existe um composto chamado de “amigdalina”, que quando entra em contato com as enzimas do corpo libera o cineto, que produz um gás venenoso, que mesmo em pequenas quantidades pode matar.

Segundo um estudo do Centro de Controle e Prevenção de Doença dos Estados Unidos, seria necessário comer 200 sementes de maças para sentir o efeito desse gás (falta de ar e convulsões).

Já a castanha de caju crua possui a toxina urushiol que pode causar dermatite ou inflamações na pele. Por isso, o ideal é que ela seja consumida torrada.

Antes de comer qualquer semente ou caroço procure saber se é indicado ou não.

Fonte Imagens: freeimages.com

Deixe seu comentário: