QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“O operário há de amar enternecidamente a máquina que o ajuda a viver, lubrificando-lhe as peças e harmonizando-lhe os implementos, se não deseja relegá-la à inutilidade e à secura.” Emmanuel

Editorial

Qual a importância de aprender novos idiomas?

Enviado em 7 de janeiro de 2017 | Publicado por Juliana Chagas

idiomasHoje em dia, muitos pais colocam os filhos em escola de idiomas seja para aprender inglês, espanhol ou até mesmo outras línguas, com o objetivo de fazer com que a criança tenha um diferencial no futuro.

Com a globalização, é muito importante ter o conhecimento de outros idiomas, além do inglês e espanhol que são considerados básicos, outras línguas, por exemplo, francês, mandarim podem fazer diferença no mercado de trabalho ou até para quem deseja morar em outros país.

E dada a esta importância, pesquisas científicas tem comprovados os benefícios cognitivos deste aprendizado. De acordo com um estudo publicado na Revista Galileu, além de compreensão, desenvolvemos memória, habilidades na hora de tomar decisões, além de retardar doenças, como por exemplo, o Mal de Alzheimer.

Confira mais alguns pontos positivos

Multitarefa

Uma pesquisa da Universidade Estadual da Pensilvânia, EUA, mostrou que quando aprendemos novas línguas desenvolvemos a capacidade de fazer várias atividades ao mesmo tempo porque o cérebro sabe diferenciar os diferentes idiomas.

Memória fortalecida

Em 2011, a Academia Americana de Neurologia apresentou uma pesquisa que mostrou que ao aprender outra língua “protegemos” a memória. No estudo, os pesquisadores notaram que aqueles que falam quatro ou mais idiomas tinham cinco vezes menos chances de apresentar problemas cognitivos.

Tomar decisões

Um estudo da Universidade de Chicago, EUA, que foi publicado na revista Psychological Science, apontou que quando raciocinamos em outro idioma há uma diminuição nas inconsistências cognitivas, além de melhorar o processo de decisão.

Percepção aguçada

De acordo com um estudo da Universidade de Pompeu Fabra, Espanha, as pessoas que falam outras línguas são mais observadores, além de serem capazes de manter o foco a respeito de informações que são relevantes e irrelevantes.

Fonte: Revista Super Interessante

Fonte Imagens: freepik.com

Deixe seu comentário: