QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Antes de tudo precisamos entender que nada sabemos. Então, estaremos conscientes de nossa ignorância e capazes de aprender.” Centenário de J. Herculano Pires

Editorial

Saiba mais sobre a Obsessão Simples

Enviado em 11 de outubro de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

Sombra de homem sentado com raios ao fundoComo vimos anteriormente, Allan Kardec, define a obsessão como uma das maiores dificuldades que a prática espírita pode apresentar, já que ela tem como característica o “domínio que alguns espíritos exercem sobre certas pessoas”.

E ainda, muitos quando ouvem a palavra “obsessão”, pensam que espíritos desencarnados perseguem os encarnados. Porém, muitas vezes este espírito tem como objetivo proteger a “vítima”.

Vimos também que a obsessão apresenta vários tipos, são eles:

Nesta semana vamos apresentar os graus da obsessão. Kardec, em O Livro dos Espíritos, diz ainda que, a obsessão apresenta caracteres diversos, que é preciso distinguir e que resultam do grau do constrangimento e da natureza dos efeitos que produz.

Entre os graus apresentados por Kardec está a obsessão simples.

Ela acontece quando um espírito inferior se impõe a um médium, além de se intrometer nas comunicações que ele recebe, impede o médium de se comunicar com outros Espíritos.

O médium sabe quando está lidando com um Espírito mentiroso, que não sabe se disfarçar e  nem dissimular de modo algum as suas más intenções. E ainda, o médium que mantém a guarda, raramente é enganado.

“Esta forma de obsessão é apenas desagradável e só tem o inconveniente de dificultar as comunicações com os Espíritos sérios ou com os de nossa afeição”. (O Livro dos Médiuns).

Podemos citar como exemplo, casos de obsessão física, que diz respeito às manifestações barulhentas de certos Espíritos que produzem ruídos, ou então, durante o sono.

E a obsessão simples pode gerar também desconfianças, insegurança pessoa, doenças, angústias, etc. Já que pode se instalar uma ideia fixa, que acaba conduzindo ao intercâmbio mental com outros espíritos.

Fontes:  O Consolador | Associação Espírita de Caridade André Luiz

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

Deixe seu comentário: