QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Se você está feliz, ore sempre, rogando ao Senhor para que o equilíbrio esteja em seus passos” André Luiz

Estudo_espirita

Espiritismo e o Poder da Palavra – Jornada do Espírito

Enviado em 11 de abril de 2018 | Publicado por Rádio Boa Nova

O Espiritismo nos esclarece que as palavras interferem em nossas ações, assim como no ambiente em que estamos.

No Livro Espírita, Obreiros da Vida Eterna, ditado pelo Espírito André Luiz, encontramos explicações sobre o poder das palavras.

O capítulo 2, No Santuário da Benção, é dito que a palavra cria um “campo favorável aos nossos propósitos de serviço”. Ele ainda acrescenta que a “conversação cria o ambiente e coopera em definitivo para o êxito ou para a negação”.

Portanto, todas as suas palavras criam vibrações energéticas. Com isso podem formar campos positivos ou negativos de acordo com a intenção que elas carregam.

Em Mateus 15:11 Jesus nos deixou as seguintes palavras:

“O que contamina o homem não é o que entra na boca, mas o que sai da boca, isso é o que contamina o homem.”

O poder da palavra pode, portanto, contaminar as pessoas. Ao longo da história é possível observar excelentes oradores que utilizam de suas palavras para pregar o ódio e estabelecer o poder.

Hitler é um exemplo da contaminação das pessoas através das palavras. Em seus discursos aos milhares de alemães, o líder nazista reafirmava a xenofobia levando as massas a cometer as atrocidades que ocorreram na 2°Guerra Mundial.

Porém, é possível utilizar a oralidade para lutar por direitos e igualdades e pregar as palavras de fé, consolo e paz, como fez, por exemplo, o ativista e pastor estadunidense, Martin Luther King.

Ainda no Livro Espírita, Obreiros da Vida Eterna, psicografado pelo médium Chico Xavier encontramos o seguinte trecho que explica a utilização das palavras de acordo com sua intenção:

“Toda conversação prepara acontecimentos de conformidade com a sua natureza. Dentro das leis vibratórias que nos circundam por todos os lados, é uma força indireta de estranho e vigoroso poder, induzindo sempre aos objetivos velados de quem lhe assume a direção intencional.”

O Espiritismo nos alerta, então, para as palavras ociosas e negativas. Utilize-as para a propagação do bem e do consolo. As orações e pensamentos também são formas positivas de se direcionar suas palavras.

Os Livros Espíritas contribuem com ensinamentos do Espiritismo que direcionam nossas palavras a serviço do bem. Para adquirir o Livro Espírita Obreiros da Vida Eterna acesse www.mundomaior.com.br

 

Para saber mais sobre o poder da palavra segundo o Espiritismo, assista:

O poder das palavras para a realização dos nossos sonhos – A Jornada do Espírito


 

Qual é a força da palavra? – Interpretando a Vida

 

Fontes: Obreiros da Vida Eterna.

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

 

Deixe seu comentário: