QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Quem se aceita como é, doando de si à vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser.” André Luiz

Estudo_espirita

Mediunidade: perguntas e respostas

Enviado em 8 de fevereiro de 2018 | Publicado por Rádio Boa Nova

Todos os seres humanos são dotados de mediunidade. Para alguns, ela é mais aflorada e, em outros, está inativa. Foi graças ao codificador da doutrina Espírita, Allan Kardec, e os espíritos de luz que as pessoas conseguem desenvolver cada tipo de mediunidade.

Por meio do conhecimento do espiritismo, é possível entender o tipo de mediunidade que cada pessoa possui. Para mostrar os conceitos básicos desta habilidade, leia algumas perguntas e respostas a seguir:

  • Como sei se sou médium?

Não tenha dúvidas, todos somos médiuns. Alguns, porém, são mais ostensivos que outros.  A sensibilidade de cada médium pode apresentar diferentes sintomas: a predisposição a sonambulismo, depressão, grande facilidade em ficar triste, entre outros. É importante também procurar um centro espírita para entender o que está ocorrendo com cada indivíduo.

  • Tenho visões com frequência, sou médium?

Muitas vezes, você pode sentir diferentes manifestações dos espíritos ao seu redor, mas isso não quer dizer que seja apto para exercer um trabalho médium.

  • Meus sonhos viram realidade. Sou médium?

Você pode ter sonhos que se baseiam na realidade, porém isso não significa que esteja 100% apto a trabalhar como médium.

  • Ter depressão/pânico/ansiedade fazem nós sermos médiuns?

Humores instáveis também acontecem com médiuns ostensivos. Apoio médico também é importante. Sempre procure um centro espírita para ter acesso a um tratamento espiritual.

  • Ouço barulhos diferentes e com frequência, como posso obter ajuda?

Não se preocupe achando que esses ruídos podem ser provenientes de uma doença psicológica. Procure um centro espírita para trocar experiências com pessoas que passam pelas mesmas experiências.

  • Onde posso receber orientação para saber se sou médium?

O centro espírita é o local mais indicado para receber orientações de pessoas que entendam do assunto.

  • Como desenvolver a mediunidade num centro espírita?

Com certeza! Os freqüentadores do centro espírita são espíritas.

  • Sou médium, mas não quero trabalhar como um. O que faço?

Temos o livre arbítrio, isso é um escolha sua. Porém, mediunidade não trabalhada pode lhe causar problemas. Trabalhar a mediunidade pode aliviar suas dores e das pessoas.

  • Quando posso iniciar os trabalhos como médium?

Após muito estudo da doutrina e de ter passado por tratamentos espirituais, você poderá ser um trabalhador da casa espírita de onde freqüenta.

  • Quando a mediunidade aparece?

Dependendo dos planos da espiritualidade, pode ser em qualquer idade.

  • O médium pode baixar a sua mediunidade para não ser mais um médium?

Assim como não podemos deixar de pensar, não conseguimos diminuir a mediunidade.

  • Telepatia e mediunidade se confundem? Elas podem ter o mesmo significado? Ou são dons diferentes?

Telepatia é o meio de transmitir mensagem de um interlocutor para o emissor fora dos cinco sentidos. Na mediunidade telepática, o médium sente a mensagem do emissor sem sensações fluídicas sentidas pelo médium convencional.

  • Qual a solução para os casos em que um médium é envolvido por energias negativas?

Os encarnados estão sucessíveis a qualquer tipo de energia. Portanto, se o médium está envolvido por energias negativas, ele pode estar passando por um grau de obsessão. Tratamentos espirituais são recomendados neste acaso.

 

Fonte: Estudante Espírita

 

 

Deixe seu comentário: