QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Cada pessoa renasce na soma do que já fez.” Emmanuel

Estudo_espirita

Mesas Girantes e Psicografia Direta e Indireta

Enviado em 26 de abril de 2018 | Publicado por Rádio Boa Nova

A Psicografia é um tipo de comunicação mediúnica, na qual os espíritos desencarnados conseguem dialogar e passar informações escritas. Porém, a Psicografia da forma que conhecemos hoje é o resultado final de um longo processo.

Allan Kardec pesquisou diversos fenômeno a fim de compreendê-los, assim contribuindo para a evolução da ciência espírita. Deste modo, as comunicações espíritas passaram da Tiptologia as Psicografias.

A Tiptologia refere-se aos estudos acerca das batidas e movimentação nas mesas, método primitivo de comunicação mediúnica conhecido como as Mesas Girantes ou Mesas Falantes.

Porém, com alguns anos de estudo, os médiuns e os espíritos passaram a utilizar a escrita nas comunicações, surgindo assim a Psicografia Indireta. Esta fazia uso de objetos materiais para obter a escrita.

Os primeiros métodos utilizados foram as pranchetas ou cestinhas, munidas de um lápis. As pessoas dotadas de aptidões especiais podiam imprimir movimento de rotação a objetos. Foi então que substituíram as mesas por cestas de madeira ou vime com um lápis preso no fundo.

Com os vários dispositivos testados, os estudiosos espíritas chegaram a um modelo de “cesta de bico” obtendo, assim, “dissertações de várias páginas, tão rapidamente como se escrevesse com a mão”.

Para a Psicografia Indireta é necessário duas pessoa para apoiar a estrutura de escrita, porém apenas uma deve ser dotado da faculdade medianímica. E com a evolução desta comunicação surgiu a Psicografia Direta ou Manual.

Nesta última, utilizada até hoje, o Espírito age sobre o médium, onde essa influência dirige maquinalmente seu braço e sua mão para escrever. “Assim, não é a cesta que se torna inteligente, mas é um instrumento dirigido por uma inteligência”.  

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Psicografia – Mediunidade Hoje

Parte 1


Parte 2

Parte 3

Fontes: O Livro dos Médiuns, capítulo XIII. Imagem ilustrativa retirada de guia.

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário: