QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Em matéria de felicidade só se possui aquela que se dá.” Emmanuel

Estudo_espirita

Perturbação Espiritual – O Livro dos Espíritos

Enviado em 12 de março de 2018 | Publicado por Rádio Boa Nova

Perturbação Espiritual

Fonte: Correio Espírita

Allan Kardec, aborda a questão da Perturbação Espiritual, em O Livro dos Espíritos, questões 163 a 165, porém, antes de falarmos desta questão.

Vamos relembrar que o espiritismo nos ensina que o desencarne é uma certeza dos espíritos que habitam na Terra, e ainda, por meio da doutrina espírita é possível compreender a imortalidade e o processo de reencarnação.

Entretanto, por ocasião da morte, no início, tudo é confuso. Não é de imediato que a alma recobra a consciência após a separação com o corpo. E é possível que durante este tempo, o espírito passe por um estado de perturbação.

163. Deixando o corpo, a alma tem imediata consciência de si mesma?

Consciência imediata não é o termo: ela fica perturbada por algum tempo.

164. Todos os Espíritos experimentam, no mesmo grau e pelo mesmo tempo, a perturbação que se segue à separação da alma e do corpo?

Não, pois isso depende da sua elevação. Aquele que já está depurado se reconhece quase imediatamente, porque se desprendeu da matéria durante a vida corpórea, enquanto o homem carnal, cuja consciência não é pura, conserva por muito tempo mais a impressão da matéria. (O Livro dos Espíritos)

O que é perturbação espiritual?

A perturbação espiritual é uma confusão espiritual após o desencarne, ou seja, o desentendimento do atual estado espiritual leva o espírito a crer que ainda está vivo. Isso pode ser similar a um despertar de um sono profundo.

Já no que diz respeito ao tempo pode levar minutos a anos, e ainda, o grau e o período da perturbação depende da elevação e do quão o espírito é desapegado da matéria.

Mortes violentas

Em casos de mortes violentas (suicídio, acidente), ao desencarnar o espírito acredita que ainda está vivo. Por isso, para elucidar as ideias é preciso o rompimento dos laços entre a alma e o corpo físico.

A perturbação que se segue à morte nada tem de penosa para o homem de bem; é calma e em tudo semelhante à que acompanha um despertar tranqüilo. Para aquele cuja consciência não está pura, é cheia de ansiedades e angústias. (O Livro dos Espíritos, questão 165)

Importância do espiritismo durante o período da perturbação espiritual

O espiritismo tem um importante papel para diminuir este período porque ele fornece todos os conhecimentos espirituais. Além do entendimento de tal estado após o desencarne.

E ainda, a prática do bem e a consciência pura possuem uma maior influência, já que ela facilita o processo de desencarne e o posterior socorro.

Saiba mais sobre o assunto:

 

Fonte: Kardec Rio Preto

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

Deixe seu comentário: