QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Quem se aceita como é, doando de si à vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser.” André Luiz

Evangelho e Reforma Íntima

Como implantar novas atitudes em 2018?

Enviado em 11 de janeiro de 2018 | Publicado por Rádio Boa Nova

Um novo ano está começando e, com ele, muitas promessas de renovação e vida nova. Podemos, neste ano que se inicia, fazer uma bela reflexão sobre nós mesmos e o que procuramos renovar em nossas atitudes.

O livro “Vida e Caminho” do espírito Emmanuel, psicografado por Chico Xavier, ressalta que devemos ouvir as palavras de Jesus sobre a importância de abrir o coração no novo ano que se inicia:

“Ama e auxilia sempre. Ajuda aos outros, amparando a ti mesmo, porque se o dia volta amanhã, eu estou contigo, esperando pela doce alegria da porta aberta de teu coração”.

Para nos auxiliar a transformarmos as nossas ideias em ações e não fiquem só nas chamadas “promessas de ano novo”, devemos procurar uma diretriz para realizarmos a nossa reforma íntima.

É importante respondermos algumas questões:

1 – O que fizemos e o que poderíamos ter feito no ano em que passou?

2 – Fizemos todo o bem que poderíamos ter feito?

3 – Conscientes dos nossos equívocos, trazemos culpas para o ano novo?

4 – Poderíamos ser melhores?

5 – Diante da contabilidade anual, achamos que perdemos o ano velho?

6 – Demos mais atenção à vida material?

7 – Amamos o nosso próximo?

8 – Fizemos aos outros só o que gostaríamos que nos fizessem?

9 – Mesmo sendo um trabalho árduo, estamos dispostos a novas realizações?

10- Estaremos com fé para encarar os desafios?

Pronto! Estas questões podem te ajudar a entender como nos conscientizamos sobre quais atitudes poderão ser tomadas por nós neste ano. O espiritismo mostra importantes lições para que nos tornemos espíritos mais elevados.

“O espiritismo sob a luz do Cristo, vem ao mundo para acordar-nos. É acima de tudo o processo libertador das consciências, a fim de que a visão do homem alcance horizontes mais altos (…). O Evangelho é o código de paz e felicidade que precisamos substancializar dentro da própria vida.” O que podemos fazer para mudar os comportamentos passados é rever novas ações para construir um novo fim.

Fonte: Artigo baseado na Revista Internacional de Espiritismo, mês de janeiro de 2018.

Para saber mais sobre o assunto, assista:


 

Deixe seu comentário: