QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Em matéria de felicidade só se possui aquela que se dá.” Emmanuel

Como ser médium?

Enviado em 30 de outubro de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

Mão psicografandoQuem nunca ouviu um barulho diferente, algumas pancadas, ou então teve sonhos, pesadelos, premonições, etc?

Todos nós somos médiuns, pois durante nossas vidas temos e teremos alguns sintomas que sabemos que não são de ordem física. Na quadro Sem Dúvida, da TV Mundo Maior, Paulo Henrique de Figueiredo disse que todos nós temos alguma maneira de perceber a questão da espiritualidade, por exemplo, a inspiração de ter alguém por perto pode ser um sinal de mediunidade.

Ainda de acordo com Paulo Henrique, para reconhecer que uma pessoa é médium, o fenômeno tem que ser mais ostensivo, mais claro. Isso pode ocorrer nos diversos tipos de mediunidade, por exemplo, a mediunidade de evidência, que diz respeito às pessoas conseguem ver os espíritos, muitas vezes não diretamente, mais observam passagens, etc.

“Quando a evidência se tor mais ostensiva, a pessoa conversa com os espíritos”.

Quais são os sinais que são apresentados por uma pessoa que é um médium ostensivo?

Não há nenhum sinal físico relacionado a este tipo de mediunidade, é um dom natural que vem com a pessoa.

E ainda, confira alguns sintomas que podem indicar mediunidade:

  • suor excessivo nas mãos e axilas
  • instabilidade emocional;
  • distúrbios de sono;
  • insônia;
  • perda do equilíbrio do corpo;
  • sensação de desmaio iminente;
  • fobia e medo de quase tudo;
  • insegurança

Todos esses sintomas vão se estabilizando e desaparecendo na medida em que o médiuns canalizam de modo mais claro suas faculdade psíquicas, através de muito estudo, trabalho e disciplina.

Ao desenvolver a mediunidade, a pessoa costuma a dar sinais de sofrimento, perturbação e desequilíbrio. Caso a pessoa se perturbe perante as manifestações mediúnicas é por causa de sua falta de equilíbrio emocional e por sua ignorância do que seja a mediunidade, ou porque está sob ação de espíritos ignorantes, sofredores.

Aqueles que apresentam estes problemas, precisam ser ajudados até se equilibrar psiquicamente, por meio de, passes, vibrações, equilíbrios doutrinários.

Para o desenvolvimento mediúnico, somente deve ser encaminhado quem esteja equilibrado e doutrinariamente esclarecido e conscientizado.

Lembre-se que a busca de como se tornar um médium é algo sério, que não se concretiza somente com sessões de desobsessão. É preciso desenvolver habilidades espirituais e aprender como se tornar um médium espírita.

Primeiramente é preciso uma mudança na mentalidade. Além de ser, fundamento praticar a caridade e a compreensão tanto no mundo espiritual como no material.

“Ninguém poderá tornar-se bom médium espírita se não conseguir despojar-se dos vícios que degradam a humanidade.” (Revista Espírita de 1863, p. 213)

Para saber mais sobre o assunto, assista:

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

 

 

Fontes: AstroCentro e BlogEspírita

Deixe seu comentário: