QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“O mundo é a oficina. O corpo é a ferramenta. O dever a executar é a missão a cumprir.” Emmanuel

Jornal nova era

Aprenda a lidar com o luto do desencarne do seu animal de estimação

Enviado em 14 de julho de 2017 | Publicado por Elen Alarça

O animal de estimação é considerado o melhor amigo do homem. Eles estão em muitos lares brasileiros e participam da maioria dos momentos felizes e os tristes das famílias, principalmente quando fogem ou desencarnam. O médium, Chico Xavier, nos deixou uma lição sobre a serenidade que devemos ter ao perder um bicho de estimação.

Quando sua cachorra, Boneca, desencarnou, dois amigos próximos lhe deram outra idêntica. A filhotinha, ainda muito pequena, era carregada pelos amigos na sala de Chico. A cadelinha, por sua vez, ficava quietinha na sua manta. Quando Chico chegou e a pegou no colo, ela se agitou e começou a lhe lamber a face.

De repente, Chico disse: “Estou cheio de pulgas”, como fazia com Boneca. Então, ela começou a lhe “caçar” as pulgas, como fazia a amada cachorrinha. Ao ver a cena, os amigos do médium começaram a falar: “É a Boneca”. Ao ser questionado sobre o fato, Chico esclareceu um ponto importante sobre a doutrina espírita.

“Quando nós amamos o nosso animal e dedicamos a ele sentimentos sinceros, ao partir, os espíritos o trazem de volta para que não sintamos sua falta. É, Boneca está aqui, sim. Ela ensina a esta os hábitos que me eram agradáveis. Nós seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, como os anjos estão para nos auxiliar”. 

Alguns estudiosos da doutrina acreditam que o desencarne dos animais é diferente dos homens. Eles não possuem o intervalo mais longo entre uma encarnação e outra. Quando vão para o segundo plano, sua energia vital é atraída imediatamente para um processo de encarnação. Aos poucos o espírito do animal progride. Os animais poderão ficar do lado do seu dono até quatro anos após a passagem. Também podem retornar para seu dono – como aconteceu com Chico –, através de outro que nasça.

Fonte: Espiritismo na alma

Para saber mais sobre o assunto, veja:

 

Leticia Lopes, 26, é jornalista guarulhense formada pela Faculdade Anhanguera e colaboradora da Rádio Boa Nova e TV Mundo Maior. Já assinou matérias em jornais locais e atuou como assessora de comunicação. Nas horas vagas, gosta de ler romances e revistas de jornalismo literário. Não dispensa uma boa pizza e a companhia de amigos. É nerd, adora jogar videogame. Além disso, é apaixonada pelo mundo espiritual e por leituras que engrandecem a alma.

Deixe seu comentário: