QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“A caridade dos Céus é fonte que não se esgota.” Auta de Souza

Artigos

Juventude

Enviado em 30 de março de 2015 | No programa: Música e Sensibilidade | Escrito por José Damião | Publicado por Rádio Boa Nova

A discussão do que é ser jovem hoje é igual à de ontem. Os mesmo temas: amor, medo, sonho, esperança, conquista, angústia e alegria são iguais no passado no presente e serão no futuro.

Jovens pulando no campo

Hoje com a expetativa de vida maior, tenho até dificuldade para saber até que idade vai a juventude, alguns dizem 21 outros 29 anos e me pergunto isso importa pra quem? pro mundo, pro universo… Ou apenas mais um numero pro IBGE.

Eu vivi numa época talvez pela expectativa de vida que ter 18 anos, era deixar de ser jovem, ganhar maioridade. Você já tinha que encontrar o amor da sua vida, plantar uma arvore e escrever um livro.

Eu me lembro até da música Volver a Los 17, ou seja voltar a ter 17 anos. Dar um a passo atrás no tempo nas responsabilidades, nos sonhos…

Hoje os tempos são outros… Os jovens estão antenados, curtindo, compartilhando e continuam buscando conhecimento.

Hoje é importante a convivência de jovens com os não tão jovens trocando experiências, desafios, percebendo que algumas coisas só mudam de endereço.

Na Rádio Boa Nova o Programa Juventude Maior foi apresentado por Ana Cláudia Faccin e equipe, hoje é apresentado por Mariana Garofalo e equipe. Transição importante. É a voz do jovem sempre discutindo sua religiosidade, suas ideias, quem acompanha o programa pode ouvir um termo comum entre os jovens “mocidosos”…

E a música que fala do jovem no programa Música e Sensibilidade com o tema: Juventude, veiculado no último sábado (28).

Dos sonhos da juventude do Tavito em Rua Ramalhete e de Guilherme Arantes discutindo o sonho de ser jovem em Brasilyan Boys. “Pode não ser essa gravata o que sufoca” dizia Taiguara e muito mais…

 

Foto ilustrativa: diarioaveiro.pt

Deixe seu comentário: