QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Um dos aspectos notáveis da evolução espiritual humana é que todos os doentes da alma se tornam médicos por sua vez.” Bezerra de Menezes

Abel Gomes

Enviado em 18 de setembro de 2013 | Publicado por Rádio Boa Nova

Abel Gomes reencarnou no dia 30 de dezembro de 1877, na antiga cidade de Conceição do Turvo em Minas Gerais, atualmente conhecida como cidade de Salvador Firmino, e desencarnou em Astolfo Dutra, também no estado mineiro no dia 16 de agosto de 1934.

Contato com a Doutrina Espírita

Sociólogo e evangelizador, vivenciou os Evangelhos, exemplificou de forma ativa, transformando-se em uma figura representativa do Espiritismo ao divulgar e atingir  as pessoas com os seus preceitos de todos os níveis sociais.

O livro Depois da Morte de Leon Denis foi um dos livros importantes que contribuíram para a sua conversão, porém, foram os estudos profundos trazidos por Allan Kardec que alteraram sua maneira de enxergar a vida e suas causas, fazendo-o dedicar-se de corpo e alma a fé inabalável.

Um excelente orador, porém, não utilizava frequentemente a oratória para expressar seus pensamentos, optando por expressá-los pela palavra escrita por meio de suas próprias produções literárias e poéticas, todas de grande profundidade moral e espiritual.

Atividade incessante

Aos 25 anos de idade sofreu uma paralisia progressiva que imobilizou suas pernas, situação esta que o impossibilitou de andar, no entanto, mesmo quase cego, jamais esmoreceu ou se desesperou, muito pelo contrário, continuou em frente e encontrou todo o dinamismo necessário para dar sequência as suas produções.

Contabilista como profissão, após os acidentes físicos, como a falta de locomoção e quase perda de visão, começou a trabalhar em sua própria residência como alfaiate e fotógrafo.

Abel Gomes fez parte de um grupo de pioneiros do Espiritismo em Minas Gerais, nomes como: João Ernesto, em Ubá; João Marcelino, na cidade de Pombas; Eurípedes Barsanulfo, em Sacramento; José Justiniano de Godoy e Jota Lacerda, em Cataguazes; José Alves Ferreira, Antonio Correntino e Franklin Teodoro dos Santos, em Araguari, entre outros.

Mas foi no ano de 1928 que juntamente com outros companheiros fundou o Grupo Espírita Luz e Trabalho, no antigo Porto de Santo. Antonio, instituição que teve vida efêmera.

No dia 2 de julho de 1933, foi a data de fundação do novo Centro Espírita, dando-lhe o nome do primeiro. ( Após a sua desencarnação essa instituição passou a chamar-se Cabana Espírita Abel Gomes).

Foi um autêntico autodidata, um homem dotado de sólida cultura e de incomparável senso humanístico, deixando numerosas obras ocultas no anonimato ou encobertas por pseudônimo (entre os quais o de Jota Ubirajara).

Principais obras

Um dos pioneiros do Esperanto em nosso país e o primeiro a lançar uma gramática para o ensino desse idioma internacional, Abel Gomes foi um homem de letrado, deixando obras incríveis e notáveis como Braz Pires; A Felicidade e Pérolas Ocultas.

Poeta de grandes recursos, aderiu ao gênero lírico, expressando a sua alma em cânticos maravilhosos, abordando problemas humanos, patrióticos e religiosos, esses últimos com fundamento nos sadios ensinamentos codificados por Allan Kardec.

Abel Gomes foi mais um multiplicador do Espiritismo, um dos mais autênticos espíritas dos últimos tempos que contribuiu com a sua difusão, principalmente no Estado de Minas Gerais.

Deixe seu comentário: