QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Um dos aspectos notáveis da evolução espiritual humana é que todos os doentes da alma se tornam médicos por sua vez.” Bezerra de Menezes

Artigos

Necessário e Supérfluo

Enviado em 23 de agosto de 2014 | No programa: Juventude Maior | Escrito por | Publicado por Rádio Boa Nova

Necessário e SupérfluoNecessário segundo o dicionário é aquilo que é indispensável para nós, algo essencial e primordial.

Já o supérfluo é uma característica daquilo que transcende o necessário, que pode ser considerado mais do que o essencial.

Necessário e supérfluo podem variar para cada pessoa. Por vezes o que é necessário para uma pessoa, não é para outra.  Assim como o supérfluo.

Cada um deve ter o discernimento para saber o real significado do necessário e saber quais coisas realmente importam.

Mas como ter este equilíbrio?

No Livro dos Espíritos, Kardec faz a seguinte pergunta aos espíritos:

715. Como pode o homem conhecer o limite do necessário?

– O sensato o conhece por intuição e muitos o conhecem à custa de suas próprias experiências.

Fica muito claro que devemos buscar o conhecimento para sabermos o que realmente é necessário e o que fará bem a nós e as pessoas a nossa volta. Com as experiências também vamos adquirindo este discernimento.

Muitas vezes damos mais importante ao ter do que ao ser.

Por vezes nos apegamos às coisas materiais e esquecemos, por vezes, de cuidar de pequenas coisas que nos elevam.

Na realidade temos que colocar na balança e pesar nossas atitudes e condutas para que assim possamos crescer e evoluir.

Esta tarefa não é fácil, mas somos dotados de um grande potencial.

Os ensinamentos de Jesus e a Doutrina Espírita servem de um grande manual de conduta para todos nós.

A prática dessas lições não é tarefa fácil, mas quem disse que é impossível?

Façamos a nossa parte!

Veja esta linda mensagem de Chico Xavier intitulada “O Supérfluo e o Necessário”:

 

Ilustração: www.istockphoto.com

Deixe seu comentário: