QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Antes de tudo precisamos entender que nada sabemos. Então, estaremos conscientes de nossa ignorância e capazes de aprender.” Centenário de J. Herculano Pires

Artigos

O Carinho

Enviado em 16 de dezembro de 2016 | No programa: Perante a Eternidade | Escrito por Jairo Avellar | Publicado por Juliana Chagas

O carinho está inserido na esteira das mais importantes demonstrações de afeto, tornando-se precioso ingrediente para as refeições de amor, imprescindível para a boa saúde das almas.

Mão segurando uma rosa

A ausência de carinho, produz imediata inanição, determinando o enfraquecimento dos laços de união entre os companheiros do caminho.

Sua falta desconstrói a admiração, retirando das individualidades o hausto imprescindível do humanismo fraterno.

A presença do ato carinhoso, ao contrário, produz imediato bem-estar, gera fraternidade, dá consistência às relações, produz segurança, confiança, e estabilidade a convivência.

Por isso, as atitudes carinhosas tornam-se pilares essenciais, para a condução vitoriosa do ser em suas relações intra e interpessoais.

Um olhar carinhoso, um toque afetuoso, um abraço acolhedor, uma linha de seu sorriso, a escuta harmônica e atenciosa, a fala tranquilizadora, meiga e equilibrada, constroem vidas mais felizes.

Jesus, em toda a sua jornada, foi a essência perfumada do carinho cristão tocando profundamente as almas e transformando vidas, guiando-as para a felicidade, sempre deixando por onde passava o calor de sua amorável presença.

O “amarás ao teu próximo como a ti mesmo” (1), jamais poderá prescindir das demonstrações carinhosas, na sustentação afetiva do próximo.

No exercício Cristão, sejamos carinhosos para com o próximo, pois gestos de carinho, apontam direções, indicam caminhos e possuem o poder de transformar vidas.

Paz e muitas alegrias.

 

Marcelo Rios

Médium Jairo Avellar

 

(1) Marcos 12: 31

Deixe seu comentário: