QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Não exijas dos outros qualidades que ainda não possuem.” Chico Xavier

Artigos

Medo de bichos tem origem em vidas passadas?

Enviado em 26 de março de 2017 | No programa: Pronto Atendimento | Escrito por Daisy Mansano | Publicado por Juliana Chagas

O medo é muito importante, e necessário, em nossas vidas, pois nos faz recuar de um perigo eminente. Mas aquele que limita uma convivência saudável conosco e com o próximo, esse sim já passa a ser chamada fobia, medo mórbido, aversão irreprimível.

Rato

Muito se tem ouvido dizer que medo em excesso de bichos, como se fosse causa de um passado. Vamos pensar? Vamos trazer a ciência material e espiritual para chegarmos a uma conclusão mais racional? Será que nossos medos e traumas são só de vidas passadas?

A ciência, material, por meio experimental , com pesquisas e estudos sistematizados, revelam através de exames clínicos e laboratoriais, com CID 10, a problemática, e o tratamento desse transtorno, através de medicamentos e terapias extremamente importantes e valiosos.

Além do conhecimento da medicina convencional, a alternativa revela também grande funcionalidade para o processo de cura, ou alívio dos portadores dessa síndrome, yoga, acupuntura, voluntariado…

Chegamos agora a assistência espiritual (passes), água magnetizada, evangelho no lar, estudo da doutrina dos Espíritos… Mas nada disso vai propiciar a cura se a pessoa não tiver vontade de melhorar.

Sabe aquilo que você sempre escuta nos Evangelhos e aulas dos cursos da Doutrina? Reforma Íntima, mas sem martírio, sem culpa, com auto amor.

A Doutrina Espírita é embasada em três pilares, Filosofia, Religião e Ciência. A ciência Espírita com seu estudo sistematizado vem nos revelar que sim, somos seres Espirituais em uma vivência material, e trazemos no nosso Espírito as marcas de um passado, muitas vezes delituoso. Somos influenciados e influenciamos, mas principalmente temos o Livre Arbítrio, a VONTADE para querermos melhorar.

Muitas vezes o medo excessivo de uma pessoa, mostra um trauma limitante, mas tem cura.

Para algumas pessoas, a terapia de vidas passadas faz lembrar o trauma do apego que ela teve ao desvencilhar-se dos laços que a prendiam ao corpo físico em decomposição, e assim um medo irracional de insetos. Mas se pensarmos que a reencarnação lança um véu do esquecimento do passado justamente para que encaremos nossas vidas presentes, e como já diziam os antigos: ¨para que procurar pelo em ovo? Se necessário mesmo fica a dica de procurar um profissional conceituado e estudioso da doutrina.

Como já foi dito acima o medo excessivo, pode também ser adquirido na encarnação presente, pois como sabemos há a influência de familiares, e amigos, que demonstram e repassam através de atitudes suas convicções, e  mesmo inconscientes,  incorporamos em nós

Para encerrarmos vamos novamente pontuar o mais importante, a cura para o medo de bichos, conforme pede o artigo: assistência médica, assistência espiritual e o mais importante vontade de evoluir e crescer espiritualmente conhecendo e enfrentando a mudança de pensamentos, palavras e ações, a tão bem falada Reforma Íntima.

 

Foto ilustrativa: pexels.com

Deixe seu comentário: