QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Mediunidade é a faculdade humana, natural qual se estabelecem as relações entre homens e espíritos.” Centenário de J. Herculano Pires

Artigos

Como aproveitar as férias e conhecer sobre a construção sustentável

Enviado em 10 de agosto de 2013 | No programa: Ação Planeta | Escrito por Ana Cláudia Faccin | Publicado por Rádio Boa Nova

Olá, querido leitor do blog e programa Ação Planeta. Nós abordamos sobre alguns espaços para brincar sugeridos por crianças com idade entre 6 e 10 anos de idade e se divertir nesse final de férias.  Porque, diferente do que ocorre hoje, há alguns anos, as crianças dispunham de espaços imensuráveis para se divertirem.Sendo assim, era possível passar as tardes ou as manhãs na rua ou outro local brincando de pega-pega, esconde-esconde, bambolê, queimada, pé-de-chinelo, brincadeira de roda, pula corda, entre outras. Mas com o crescimento da população e as incidências da violência, muitos optaram em morar em apartamentos, por acharem mais seguros, com isso os espaços tornaram-se cada vez mais restritos.

Atualmente, nossos filhos ou netos são obrigados a passar grande parte dos seus dias, depois ou antes da volta da escola, em frente a computadores, jogos eletrônicos: como vídeo games, entre outros. Tudo por falta de opção e por não encontrarem espaços disponíveis para brincar.

Além dessas dicas de passeios para esse finalzinho de férias, nós falamos sobre construção sustentável. Esse assunto foi apresentado pelo vice presidente em Sustentabilidade do Secovi, São Paulo, Carlos Scopel. Segundo ele, a sustentabilidade, é ainda bastante recente na vida da sociedade. Ele deu os passos para quem deseja construir de maneira sustentável, além dos aspectos econômicos e socioambientais. Vale a pena conferir!

Começamos o Ação Planeta com essa mensagem de Leonardo Boff: ARTE DO CUIDAR

O que se opõe ao descuido e ao descaso é o cuidado.

Cuidar é mais que um ato; é uma atitude.

Portanto, abrange mais que um momento de atenção.

Representa uma atitude de ocupação, preocupação,

de responsabilização e de envolvimento afetivo com o outro”.

Conheça os melhores espaços para brincar sugeridos por crianças entre 6 e 10 anos, que somaram 890 votos:

1º – Parque Villa-Lobos

Não há fim de semana de sol em que essa área verde de 732.000 metros quadrados (o equivalente a quase dez estádios do Pacaembu) não esteja cheia. Nem os quatro estacionamentos, com vagas para 1.250 carros, dão conta das cerca de 20.000 pessoas que passam por lá aos sábados e domingos. Entre as principais atrações para os pequenos estão o Circuito das Árvores — uma passarela elevada de 120 metros de comprimento que possibilita a observação da fauna e da flora do local — e o Orquidário Ruth Cardoso, com cerca de 150 espécies de plantas. Há ainda aluguel de bicicletas e outros brinquedos, espaço para fazer piqueniques, playgrounds, ciclovia, quadras poliesportivas e de tênis.

2º – Parque do Ibirapuera

Parque do Ibirapuera

De fontes que dançam a pistas de corrida, tem de tudo um pouco nos cerca de 2 quilômetros quadrados deste que é o mais famoso parque urbano da cidade. Há espaço para quem quer jogar bola, praticar skate e até treinar artes marciais. Parquinho, quadras esportivas, ciclofaixa e um bicicletário com diversos modelos para alugar estão entre as demais alternativas de lazer. O parque concentra belas opções culturais (caso dos museus de Arte Moderna, de Arte Contemporânea e Afro Brasil, da Fundação Bienal e da Oca), mas as crianças gostam mesmo é do Planetário, que exibe na imensa cúpula imagens captadas por um poderoso telescópio (nos fins de semana; consultar programação de fim de ano).

3º – Catavento Cultural e Educacional

Catavento Cultural e Educacional

Os experimentos de ciências que na sala de aula parecem dificílimos são, aqui, apresentados de maneira divertida e interativa. As atrações são divididas entre quatro pavilhões: Universo, Vida, Sociedade e Engenho. Nesse último fica a concorrida Sala das Ilusões, na qual os objetos rolam para cima e as fotografias se mexem. Também é possível participar de uma experiência eletromagnética que deixa os cabelos em pé e conhecer o clássico tubo de Kundt, que mostra como as ondas sonoras interferem na matéria. Ao todo, são cerca de 250 instalações. Algumas atividades têm horário fixo e necessitam de senhas, que podem ser retiradas na bilheteria. O ideal é reservar três horas para um tour completo. Apesar de todo o futurismo, vale chamar a atenção dos pequenos para a história do edifício, o Palácio das Indústrias, uma construção de 1911, que abrigou a prefeitura entre 1992 e 2004.

4º – Zoológico de São Paulo

Zoológico de São Paulo

Eis um dos programas infantis obrigatórios na capital. A diversão é caminhar por entre espécies nativas da Mata Atlântica e observar cerca de 3.000 animais, como tigres siberianos, macacos-prego, hipopótamos e girafas, além daqueles ameaçados de extinção, como o gavial-da-malásia, os rinocerontes e os micos-leão. É possível também participar de excursões noturnas (mediante reserva antecipada).

5º – Shopping Iguatemi

O centro de compras mais antigo da cidade é também o preferido da garotada. Sua grande atração é o espaço Piks, com oficinas de pintura, gincanas, concurso de mímica e outras brincadeiras que entretêm as crianças enquanto os pais vão às compras (cada atividade é cobrada à parte). Também dispõe de salas de cinema 3D e mais de vinte lojas de artigos infantis.

6º – Museu do Futebol

Museu do Futebol

Instalado no Estádio do Pacaembu, o museu combina história com diversão. Assistir a jogadas de mestres, como Pelé e Garrincha, e escutar narrações originais de gols históricos são algumas das opções. O espaço chamado Exaltação, onde o visitante se sente no meio de um estádio lotado, é imperdível. As crianças se divertem ainda com as cenas em 3D das embaixadinhas de Ronaldinho Gaúcho e no teste de velocidade do chute em um gramado virtual.

7º – Shopping Eldorado

O empreendimento, inaugurado em 1981, abriga cerca de 300 lojas e nove salas de cinema, além do Teatro das Artes. Para as crianças, dispõe do Playland — espaço com brinquedos, jogos, simuladores e área para festas infantis — e de uma pista de patinação no gelo. Em 2013, deve inaugurar a Kidzania, uma cidade em miniatura, no espaço onde funcionou o Parque da Mônica, fechado em 2010.

8º – Parque do Povo

Parque do Povo

Inaugurado em 2008, já se firmou como um dos principais espaços de lazer da capital. O gramado é bem cuidado e a sombra das árvores é perfeita para um relax. Tem três quadras poliesportivas, campo de futebol, ciclovia, trilhas, playground e um divertido tabuleiro gigante de xadrez cujas peças são movimentadas no chão.

9º – Praça das Corujas

Praça das Corujas

A Praça Dolores Ibarruri, mais conhecida como Praça das Corujas, faz sucesso entre os moradores da Vila Madalena e arredores. Possui parquinho, área para caminhadas e bicicletas, deques de madeira e jardins bem tratados que incluem árvores frutíferas e uma horta comunitária.

10º – Parque da Água Branca

Parque da Água Branca

O parque abriga cerca de 800 animais, entre aves, mamíferos e anfíbios. Alguns deles, como galos, pintinhos e um pavão, ficam soltos. Oferece ainda playgrounds, espaço de leitura, tanque de carpas, lago, bosque de palmeiras e trilha. Cursos de equitação, de dança e outras atividades também acontecem por lá com frequência.

Deixe seu comentário: