QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Quem se aceita como é, doando de si à vida o melhor que tem, caminha mais facilmente para ser feliz como espera ser.” André Luiz

Alma Querida

Como levar sua vida enquanto encarnado em sintonia com sua Alma Querida? Uma conversa com você sobre como cuidar e se aprimorar de sua espiritualidade a caminho da evolução.

OUÇA OS
PROGRAMAS GRAVADOS

BUSQUE O PROGRAMA:

Últimos Programas

Como é o desencarne de uma pessoa que tem Alzheimer?

Data: 13/02/2018

Segundo o IBGE, cerca de 1 milhão e 200 mil pessoas são vítimas do Alzheimer, uma doença considerada progressiva e irreversível. Tem como seus principais sintomas a perda de memória e a desorientação no tempo e espaço. Como fica a memória de um espírito que teve Alzheimer em uma encarnação? Por que algumas pessoas são […]

Você se sente injustiçado?

Data: 06/02/2018

Você se sente injustiçado? Como amar aqueles que nos prejudicam? Devemos sempre agradecer as bençãos de Deus, pois sabemos que ele nunca nos abandona. Mas por que nos sentimos tão sozinhos e abandonados? Quais os cuidados que devemos tomar com nossos atos e palavras? Confira agora no Alma Querida.

Você se sente injustiçado?

Data: 31/01/2018

Você se sente injustiçado? Como amar aqueles que nos prejudicam? Devemos sempre agradecer as bençãos de Deus, pois sabemos que ele nunca nos abandona. Mas por que nos sentimos tão sozinhos e abandonados? Quais os cuidados que devemos tomar com nossos atos e palavras? Confira agora no Alma Querida.

Por que não consigo colocar em prática minhas idéias?

Data: 23/01/2018

Reprise do dia 02/01/2018 – Por que não consigo colocar em prática minhas idéias? Como aumentar nossa fé em Deus e em nós mesmos? Como você condiciona o universo a seu favor? Por que sentimos tantas incertezas? Confira no Alma Querida.

Como lidar com as crises conjugais?

Data: 16/01/2018

Como lidar com as crises conjugais? Até que ponto as dificuldades financeiras podem afetar a relação entre marido e mulher? Sabemos que a vida a dois não é tão simples assim, a convivência requer muito amor e cumplicidade. Mas o que fazer quando nos sentimos sufocados e os motivos se tornam cada vez mais banais? […]