QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Antes de tudo precisamos entender que nada sabemos. Então, estaremos conscientes de nossa ignorância e capazes de aprender.” Centenário de J. Herculano Pires

Artigos

Recusa ao Chamado: Os mistérios do Espiritismo

Enviado em 2 de junho de 2017 | No programa: Juventude Maior | Escrito por Julio Sena | Publicado por Rádio Boa Nova

Recusa ao ChamadoNo artigo anterior, Chamado à Aventura: Conhecer o Espiritismo, nos deparamos com o convite para iniciar nossa Jornada do Espírita. A partir daqui a história começa a entrar em movimento.

O Espiritismo é cercado de supostos mistérios. É neste momento que muitas pessoas se recusam a conhecer melhor a Doutrina. Na jornada do herói, isso também é comum. Após receber o chamado à aventura, o herói muitas vezes procura desculpas para não entrar no mundo especial que o aguarda.

Podemos entender os “mistérios” do Espiritismo como as dúvidas mais frequentes dos leigos no assunto. São questionamentos aparentemente simples para quem já conhece a doutrina, mas que podem ditar a continuidade ou não do estudo de alguém.

Qual é a visão espírita sobre…?

Essa é uma das perguntas mais famosas feitas por quem não é espírita. Por ser uma doutrina que traz respostas para muitas questões da vida (e do que existe além dela!), é comum buscar explicações espíritas para todos os acontecimentos.

Grande parte dos temas relevantes para nossa vida foram tratados nas obras básicas codificadas por Allan Kardec. O que vem depois dele são estudos, pesquisas e muitas vezes opiniões pessoais. A Doutrina Espírita tem um caráter científico e filosófico muito forte, o que nos instiga ainda mais a procurar respostas.

E para dar os primeiros passos em direção à nossa aventura, se faz importantíssimo que as questões mais básicas sejam sanadas. É o que veremos a seguir!

8 Grandes Dúvidas sobre o Espiritismo

Quando você se depara com o universo de informações presentes no Espiritismo, dá até medo! Mas acalme-se. Todas as suas dúvidas serão respondidas, de uma forma ou de outra. O importante é você estar de mente aberta para receber as informações. Questionar é uma ação extremamente importante para nossa evolução.

Pensando nisso, pesquisei 8 grandes dúvidas que as pessoas tem sobre o Espiritismo. Busquei também as respostas que me pareceram ser mais coerentes com cada dúvida. Sempre com base nas obras de Allan Kardec, claro!

O que são espíritos?

Eu, você, seus familiares e amigos! Somos todos espíritos imortais, vivendo sucessivas vidas. A explicação didática sobre o termo é a seguinte: É o princípio intelectual, imaterial e individualizado. Além disso, é imortal, sendo dotado de razão, consciência, livre-arbítrio e responsabilidade. Quando encarnado em um corpo material, é conhecido como alma. E é através do perispírito que o espírito pode se comunicar com o corpo físico. Mas isso é assunto para futuros textos!

Como citado pelo estudioso do Espiritismo, Gabriel Delanne, “o que caracteriza essencialmente o espírito é a consciência…”

O que é reencarnação?

A resposta geral para essa pergunta é: o retorno do espírito ao corpo material após sua morte. Esse retorno se dá em um corpo diferente do que o animou na última existência (daí a diferença para a ressureição, que é a volta à vida no mesmo corpo).

Para o Espiritismo a reencarnação é considerada uma oportunidade de aprendizado e evolução. Através das sucessivas vidas nos harmonizamos com nossos antigos inimigos e nos livramos de hábitos infelizes. Pelo menos esse é o plano! Seguir à risca já é outra história…

O que é mediunidade?

Definição simples e assertiva sobre mediunidade: faculdade humana através da qual se estabelecem as relações entre homens e espíritos. Fácil, não? Para o Espiritismo a mediunidade é uma maneira de servir ao próximo.

O intercâmbio com os espíritos, além de nos trazer as comprovações da vida após a morte, também são úteis para a transmissão de conhecimento, mensagens consoladoras e orientações para a disseminação do bem na Terra. Todos somos médiuns, uns de maneira ostensiva, outros de forma mais sútil.

O Espiritismo acredita em Deus?

Com certeza! E Kardec começa O Livro dos Espíritos com várias perguntas justamente sobre Deus. O Espiritismo entende que Deus é a causa primária de tudo, inteligência suprema, eterno, imaterial, onipotente, soberanamente justo e bom. As leis da natureza são crações divinas, tanto no quesito moral quanto físico.

Como o Espiritismo compreende Jesus?

Jesus foi o ser mais iluminado que já passou pelo planeta Terra até hoje. O Espiritismo compreende Jesus como exemplo, guia das nossas ações e modelo a ser seguido por todos.

No documentário Nos Passos do Mestre – Jesus Segundo o Espiritismo, é possível entender ainda melhor o olhar da Doutrina Espírita para essa figura tão importante para toda a humanidade.

O Espiritismo tem rituais ou sacerdotes?

Não. O Espiritismo pode ser praticado em qualquer lugar, por qualquer pessoa. O mais importante não é onde se está, mas a intenção de suas ações. Buscar melhorar-se constantemente e fazer todo o bem que puder.

Não é preciso ritual algum para colocar esta última frase em prática. Embora existam Federeções e Instituições espíritas, a Doutrina não considera pessoa alguma como sacerdote.

Para ser espírita é preciso ser médium?

Para ser espírita é preciso… estar de acordo com os princípios fundamentais da doutrina espírita!

Segundo Kardec, “quem partilha nossas convicções a respeito da existência e da manifestação dos espíritos, e das consequências morais que disso decorrem, é Espírita de fato.” (Revista Espírita 64, p. 130).

Ser médium é uma característica inerente ao ser humano, mesmo que de forma não-ostensiva. Portanto, se você não vê, ouve ou sente os espíritos, ainda assim você pode ser espírita!

Espiritismo, Camdoblé e Umbanda são a mesma coisa?

Não! E antes de qualquer explicação, é importante ressaltar o respeito mútuo entre as religiões.

O Espiritismo nasceu na França, no ano de 1857, e foi codificado por Allan Kardec. A Umbanda nasceu em 1908 e une elementos do catolicismo, Espiritismo e religiões afro-brasileiras. Já o Candomblé é uma religião trazida pelos escravos da África no final do século XVI e tem como divindade os Orixás.

Vai continuar recusando o chamado?

Se você ainda tem dúvidas não respondidas sobre o Espiritismo, deixe seu comentário abaixo! Eu responderei individualmente cada dúvida com os conteúdos que eu tenho acesso. Mais do que isso. Eu trarei também novos questionamentos e sugestões de sites, vídeos ou artigos para que você se aprofunde ainda mais no tema.

O próximo artigo é imperdível! Falaremos sobre o Encontro com o Mentor, uma etapa da Jornada do Espírita que te impulsiona a enfrentar os desafios, com uma ajudinha extra claro. Semana que vem tem mais!

P.S. 1: Muito obrigado pelos comentários nos artigos anteriores! Receber o feedback de quem lê meus textos é muito importante para trazer melhorias e continuar motivado a escrever! Gratidão!

P.S. 2: Se você quer conhecer mais sobre o Espiritismo também recomendo 3 programas da TV Mundo Maior (basta clicar no nome deles e você será redirecionado para o canal do YouTube): Sem Dúvida, Boletim Espírita e o recém-estreado Interpretando a Vida.

 

Deixe seu comentário: