A arte de se reinventar -Como se manter no mercado de trabalho

Presente em todo bate-papo, a crise brasileira é o assunto mais discutido nos últimos tempos. Para alguns, batem aquele desespero. Mas é preciso fazer de situações como esta, uma arte de se reinventar. De que maneira isto é possível? Momento, que milhares de empreendedores, empresários e empregados estão perdendo as noites de sono. Por que não se especializar em aquilo que melhor se sabe fazer ou realizar uma reciclagem? Retomar aquele projeto não concluído, cursar uma faculdade ou dar início a uma especialização.

Nas parábolas dos talentos, no Capítulo XVI, Allan Kardec, em o O Evangelho Segundo o Espiritismo:

“O Senhor age como um homem que, devendo fazer uma longa viagem para fora do país, chamou seus servidores e lhes colocou nas mãos seus bens. E tendo dado cinco talentos a um, dois a outro e um a outro segundo a capacidade diferente de cada um, logo partiu. Aquele, pois, que tinha recebido cinco talentos, foi-se embora; negociou com seu dinheiro e ganhou cinco outros. Aquele que havia recebido dois, ganhou da mesma forma outros dois. Mas aquele que não havia recebido senão um, foi cavar na terra e aí escondeu o dinheiro do seu senhor. Muito tempo depois, o senhor desses servidores tendo retornado, pediu-lhes conta. E aquele que havia recebido cinco talentos veio lhe apresentar cinco outros, dizendo-lhe: Senhor, me havíeis colocado cinco talentos nas mãos, eis aqui cinco outros que ganhei. Seu senhor lhe respondeu: Bom e fiel servidor, porque fostes fiel em pouca coisa eu vos estabelecerei sobre muitas outras; entrai no gozo do vosso Senhor”.

É importante fazer do seu talento, uma ferramenta para se manter no mercado de trabalho. Mas antes disto, é saber, quais são os seus pontos fortes e fracos, isto é um fator determinante. A falta de preparo ou a dúvida sobre como se reinventar na carreira ocorre porque a grande maioria das pessoas não costuma analisar seus pontos fortes e fracos e não sabem nem por onde começar, nem em que apostar.

O que não se deve é estagnar em suas ideias. É importante agir e produzir e não paralisar. Isto rapidamente. Pois as oportunidades deverão surgir em algum momento. Pois quem não apresenta competência não se estabelece. Firmar-se é algo crucial para se reinventar. Acomodar-se jamais.

Enfrente este impasse, que é a crise: É exatamente aí que poderá surgir as oportunidades, principalmente, em um cenário incerto como este, econômica e politicamente. Inovar é correr riscos e pequenas mudanças de atitude podem promover grandes impactos, e de repente até se chegar ao êxito.

Fonte das Imagens: http://pt.freeimages.com.

Unidades Feal

FUNDAÇÃO ESPÍRITA ANDRÉ LUIZ |||

Feal

Você gostou deste conteúdo?

Há décadas a FEAL - Fundação Espírita André Luiz assumiu o compromisso de divulgar conteúdos edificantes voltados ao bem estar dos seres humanos gratuitamente e, com a sua ajuda, sempre será.

Podemos contar com você?

leave a reply

WhatsApp chat