A coragem e a força amiga

Os tempos difíceis fazem recuar a coragem que há em nós. Assim como os animais se escondem dos caçadores, nossa força pode ficar inibida devido ao medo. Digo que este sentimento não é prudente tratando-se do atual momento que vivemos, pois o medo prejudica as energias espirituais e deixa tímida nossa fé. É necessário temperança. 

Energias positivas contribuem com uma atmosfera de esperança e vigor, atributos necessários para continuarmos adiante nas batalhas da vida. Sejamos, entretanto, coerentes ao sermos corajosos e não a confundamos com tolice em desbravar e aventurar no perigo. É tempo de coerência. 

A coragem que lhes peço é aquela resistência ante os percalços do momento, lembrando-se que são todas dificuldades passageiras. Não desista ou se desespere, as maiores batalhas a serem enfrentadas são as que conflitam dentro de nós. Coragem para erguer-se e batalhar pela transformação moral e pela perseverança. Sejamos pacientes.

Mas não seja tolo e ache que está sozinho, não. Há uma força amiga todos os dias ao nosso lado, nos aconselhando e erguendo-nos nas dificuldades. Essa força é um presente de Deus o qual recebe nomes diferentes de seus presenteados. Anjo, Mentor, Guia, Guardião ou Protetor. São eles espíritos amigos que nos conhecem bem e receberam de Deus a oportunidade de nos auxiliar. Sejamos grato. 

Tenha a certeza que nossos amigos espirituais são a força amiga que nos inspira coragem. Persevere ante as dificuldades, tenha fé em Deus e no amanhã. Acredite e agradeça à Espiritualidade pelas bênçãos e tenha sempre, haja o que houver, Coragem para existir e resistir, pois o amanhã está próximo e nos aguarda para festejarmos juntos a vitória.

leave a reply

WhatsApp chat