A família pode controlar um usuário de drogas? – Recuperação

Uma das consequências mais fortes e evidentes da codependência é o fato da pessoa achar que sua ação pode provocar ou impedir o consumo de drogas do dependente. Como se dá essa sensação de controle? Existe tratamento para codependência? Acompanhe agora no Recuperação.

https://youtu.be/CPT4VGhaceY

 

Leitura complementar: Álcool, drogas e influências de obsessores

O mundo físico e mundo espiritual se unem o tempo todo. O crescimento de pessoas viciadas em álcool e drogas tem muita influência de obsessores. Estamos sempre sendo influenciados por espíritos, atraímos aqueles que estão na mesma sintonia que nós. Por isso, precisamos sempre vigiar e orar, para não realizarmos atitudes que possam atrair um obsessor que irá nos acompanhar até quando lhe convém.

Pessoas consumidoras de álcool e drogas compartilham da companhia de espíritos que têm o mesmo consumo. Além disso, criar uma dependência em seu corpo e espírito não irá prejudicar apenas você mesmo. Poderá estar atraindo para si muitos espíritos viciados que acreditam que ao sugar suas energias e te acompanhar no consumo irão se fortalecer.

Os espíritos desencarnados conseguem viver ao seu lado de uma pessoa e usufruir de suas energias. Mas ao fazer isso está apenas indo para o fundo do poço, junto com o encarnado. Pois  acabam criando uma relação de dependência de um com o outro. Este tipo de obsessão é um dos mais difíceis, pois a cura só ocorre quando o obsediado decide, definitivamente, deixar por completo o vício.

Se a pessoa não toma esta decisão, o que acontece é que, pelo trabalho de desobsessão, os obsessores são esclarecidos, orientados e afastados para tratamento. Mas como a pessoa continua a alimentar os mesmos vícios, outros obsessores que entram em sintonia, aparecem para dar continuidade à obsessão.

Texto publicado em 23 de novembro de 2016. 

deixe um comentário

WhatsApp chat