Altruísmo: o antivírus do egoísmo

Consideremos algumas de nossas habilidades: comunicação, visão, audição, locomoção, lucidez, etc.Mulher branca segurando criança negra

Estes e outros valores que dispomos são suficientes para demonstrar a nossa capacidade de fazer alguma coisa por alguém, praticando desta maneira algo que conhecemos como altruísmo.

A Fonif, associação sem fins lucrativos que tem como propósito atuar em defesa dos interesses das entidades filantrópicas, divulgou um estudo apontando que as instituições realizaram mais de 160 milhões de atendimentos em 2014 e geraram 1,3 milhão de empregos. A cada R$ 1,00 obtido por isenções fiscais, as instituições filantrópicas retornam R$ 5,92 em benefícios para a sociedade. Saiba mais!

Estudos revelam também que ajudar os outros voluntariamente, nos torna mais feliz, não importa o quanto este trabalho exija.

Existem pessoas que mesmo sem enxergar auxiliam outras com seus dons manuais, por exemplo. Outras que perderam a possibilidade de se locomover, mas auxiliam na prática da oração, sempre indispensável para todos nós.

Força Contrária

Apesar disso, temos algo que “nos empurra contra” as atitudes altruístas: a tendência para o egocentrismo. Ainda estamos presos à ignorância, ao egoísmo e ao orgulho, por exemplo. Isso dificulta ainda mais concedermos a nossa maior preocupação com o próximo.

O biólogo Edward O. Wilson, aquele que disse que somos programados geneticamente para pensar em Deus, acrescenta dizendo que a evolução do altruísmo é a preocupação central da sociobiologia.

A Doutrina Espírita nos proporciona determinante lição a respeito:

“O egoísmo, esta chaga da humanidade, deve desaparecer da Terra, porque impede o seu progresso moral. É ao Espiritismo que cabe a tarefa de fazê-la elevar-se na hierarquia dos mundos. O egoísmo é portanto o alvo para o qual todos os verdadeiros crentes devem dirigir suas armas, suas forças e sua coragem. Digo coragem, porque esta é a qualidade mais necessária para vencer-se a si mesmo do que para vencer aos outros. Que cada qual, portanto, dedique toda a sua atenção em combatê-lo em si próprio, pois esse monstro devorador de todas as inteligências, esse filho do orgulho, é a fonte de todas as misérias terrenas. Ele é a negação da caridade, e por isso mesmo, o maior obstáculo à felicidade dos homens” O Evangelho Segundo o Espiritismo.

Esta revelação indica que um dia o amor desinteressado será constante em nossas vidas. Que tal começar a realizar o desprendimento dos bens materiais e dos sentimentos inferiores agora mesmo?

Dica da Rádio Boa Nova

A oração é uma forma de caridade para si mesmo e para os outros. Leia a obra “Bem-aventurados os que oram” de Carlos Baccelli.

O mesmo autor e comunicador da Rádio Boa Nova nos traz a lição intitulada “Justiça e Amor”, do livro Religião dos Espíritos neste programa ‘Na Próxima Dimensão’, lembrando-nos da máxima do Cristo, que veio contrapor o egoísmo com o altruísmo, fazendo ao próximo o que queríamos para nós. Acompanhe!

 

Foto de chamada e ilustrativa: pexels.com

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat