QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“A vida por fora de nós é a imagem do que somos por dentro.” Emmanuel

Artigos

“Bandeirante do Espiritismo” ganha memorial em Matão

Enviado em 12 de agosto de 2014 | No programa: Diálogos Médicos | Escrito por | Publicado por Rádio Boa Nova

Cairbar Schutel foi um dos maiores vultos do Espiritismo brasileiro. É conhecido nos meios espíritas como o Bandeirante do Espiritismo e o Apóstolo do Espiritismo no Brasil.

Cairbar Schutel

 

Para publicar os livros que escrevia, Schutel não media esforços: adquiriu máquinas, papel, tinta, cola e outros insumos para impressão, procurando escolher sempre material de primeira categoria. Desse esforço surgiu a Casa Editora O Clarim, que hoje emprega inúmeros funcionários em Matão (SP), tendo publicado mais de 100 títulos de obras de renomados autores, encarnados e desencarnados.

Cairbar Schutel não foi só um divulgador por excelência. Sua casa, por longo tempo e até que alugasse uma especialmente para essa finalidade, era hotel, hospital, asilo de velhos e de crianças desamparadas e até abrigo para animais sem dono. Viveu inteiramente o espírito do Cristianismo.

Schutel faleceu no dia 30 de janeiro de 1938. Foi como dissemos um divulgador por excelência.

Em sua homenagem foi inaugurado em 13 de novembro de 2013 o Memorial Cairbar Schutel, instalado na centenária residência do homenageado, na cidade de Matão (SP). Contendo exposições de objetos e documentações da vida de Cairbar Schutel como Intendente de Matão, como farmacêutico e como espírita.

Com essa iniciativa o Memorial se converte em local de visitação em ambiente adequado e na mesma quadra onde o Bandeirante do Espiritismo viveu.

Aparecido Belvedere, diretor editorial da Casa Editora O Clarim e um dos idealizadores do projeto, conversou com Ismael Gobbo para a Folha Espírita sobre o Memorial e convidou-nos a todos para o conhecerem, expandindo nosso conhecimento sobre a vida e a obra grandiosa de Cairbar Schutel.

“O Bandeirante do Espiritismo merece ser conhecido e, principalmente, divulgado, pela sua coragem e seu caráter desbravador em uma época de grande preconceito contra os espíritas”, afirmou Aparecido.  

E prosseguiu: 

“O Memorial Cairbar Schutel é um sonho de aproximadamente 40 anos que pôde ser realizado no ano passado. A ideia do projeto é trazer à população matonense e à comunidade espírita a história de vida e os princípios que nortearam a existência de Schutel, tanto no que diz respeito ao cidadão – farmacêutico respeitado, político atuante, sendo inclusive o primeiro intendente (cargo equivalente ao de prefeito) de Matão e homem caridoso – quanto à sua atuação e influência no Movimento Espírita, com a fundação do Centro Espírita Amantes da Pobreza (atualmente Centro Espírita O Clarim), do jornal O Clarim e da Revista Internacional de Espiritismo”.

Localização

Ainda segundo informações de Aparecido Belvedere, sabemos mais:

O Memorial foi construído na antiga casa de Cairbar Schutel, à avenida 28 de Agosto, 780, no Centro de Matão.

O prédio fica no mesmo terreno onde estão localizados o centro espírita e a sede da editora. A casa foi toda reformada e teve a estrutura reforçada para abrigar o acervo do Memorial. O prédio é centenário, mas com a reforma, que durou aproximadamente dois anos, teve sua aparência revitalizada. 

Ainda segundo Belvedere ficamos sabendo que:

O espaço foi dividido em salas temáticas, que expõem, em cada ambiente, a produção intelectual de Cairbar Schutel.

O trabalho como divulgador da Doutrina Espírita, que compreende a fundação do jornal O Clarim e da Revista Internacional do Espiritismo, além dos livros por ele escritos; sua atuação social, com a Farmácia Schutel, a participação na fundação do Hospital de Caridade e da Associação São Vicente de Paulo e as obras de caridade; um ambiente que apresenta a linha do tempo da sua história de vida e atuação política; o seu dormitório, mantido na localização original e mobiliado com as peças originais; e, por fim, a sala principal que apresenta a relação de Schutel com a Doutrina Espírita.

A coordenação de todo o projeto foi feita pela historiadora Larissa Rizzatti Gomes e a montagem do espaço, pela agência de publicidade e propaganda Tg3 Comunicação. 

  • O que há de acervo?
Visitantes no Memorial Cairbar Schutel

Visitantes no Memorial Cairbar Schutel

O acervo contém as primeiras edições dos livros de Cairbar Schutel, material farmacêutico (frascos de remédio e instrumentos farmacêuticos), objetos de uso pessoal, fotografias, correspondências, cadernos de anotações, cadernos de atas, documentos oficiais, o jornal O Clarim e a RIE em edições antigas e livros de registros da Farmácia Schutel digitalizados, onde é possível consultar pelo nome do paciente as receitas prescritas por Cairbar Schutel. 

  • O Memorial possui todas as edições de O Clarim e da Revista Internacional de Espiritismo?

O acervo completo do jornal O Clarim e da RIE não está ainda disponível para a exposição. Ambos já passam pelo processo de digitalização, mas este trabalho ainda não está completo. É um projeto para o futuro. 

  • Possui ampliação do acervo por meio de doações de objetos e fotos?

Sim, inclusive foi feita uma campanha em algumas edições da RIE, convidando os leitores a entrarem em contato com a editora e fornecerem objetos pessoais ou documentos antigos que estivessem ligados à obra de Cairbar Schutel. A exposição não pode ser limitada, deve estar sempre se atualizando e complementando o seu conteúdo. 

  • Em quais dias o Memorial está aberto à visitação?

O Memorial Cairbar Schutel estará aberto à visitação pública, mediante agendamento prévio, nos seguintes horários: às terças-feiras, das 09 às 11 horas, e às quintas-feiras, das 15 às 17 horas.

Caravanas podem solicitar agendamento também aos finais de semana. O agendamento pode ser realizado pelo telefone (16) 3382-1066, em horário comercial, ou pelo e-mail: memorial@oclarim.com.br. 

Como curiosidade trazemos uma dica: além dos excelentes livros de Schutel sobre o Novo Testamento e outros assuntos bíblicos lembramos que ele escreveu: o livro Espiritismo para Crianças, e que é indispensável para as aulas de evangelização infantil.  

Schutel apresenta, nessa obra, o Espiritismo de forma didática, abordando temas como Deus, imortalidade da alma, oração, reencarnação, entre outros. Jovens e crianças, pais e responsáveis terão a oportunidade de conhecer o pensamento progressista do autor, entendendo que ele não se preocupava apenas com o corpo, mas, e principalmente, com o espírito imortal que o habita.

No prefácio do livro, Cairbar Schutel enfatiza a importância da educação espírita desde a mais tenra idade e a Missão extraordinária “do ilustre Espírito que chamamos Allan Kardec”. E enfatiza:

“Que os Gênios propulsores do progresso humano abram a inteligência de todos os que folhearem estas páginas e a Doutrina que elas encerram tenha acesso nos corações, para que o Reino de Deus possa baixar à Terra e o Supremo Diretor do nosso planeta – Jesus Cristo – nos tenha sob suas vistas protetoras.”

 

Fotos ilustrativas: pt.mashpedia.com e www.matao.sp.gov.br

Deixe seu comentário:

WhatsApp