QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Em matéria de felicidade só se possui aquela que se dá.” Emmanuel

Artigos

Como está a sua intimidade com Deus?

Enviado em 11 de dezembro de 2017 | Escrito por Eliete Ribeiro | Publicado por Rádio Boa Nova

Está chegando este período de Natal, momentos estes, que as pessoas ficam mais solidárias, mais prestativas. Mas será necessário chegar o Natal para que isto aconteça? Há quanto tempo você não tem uma conversa com Deus, um tempo disponível só para Ele?

É tão importante ter este espaço na agenda para a espiritualidade. Temos tempo para tantas coisas. Temos tempo para passear, para ir às compras, para ir ao cabeleireiro, para cursos, para assistir televisão. Mas há quanto tempo eu não vou ao Centro Espírita ou leio livros edificantes que afloram a minha espiritualidade? Ou há quanto tempo eu não assisto uma palestra? Chego somente para um passe e vou embora, tão vazio quanto eu adentrei o centro? Você tem procurado Deus nos Shoppings Centers da vida? Se você assim o tem feito, com certeza, não O encontrará. Se faz necessário esta conexão com Nosso Poder Superior, para que todas as nossas angústias e aflições sejam superadas. Quando não há tempo para Deus, é preciso fazer uma análise o do porquê não tenho me aproximado Dele.

Geralmente a sua preocupação tem sido: tenho que comprar os presentes de Natal, fazer as compras para a ceia, o presente do meu amigo secreto, preparar a casa para receber os amigos, comprar roupas novas. Percebe como nada disso faz sentido se a nossa relação com Deus não está instalada em nós? Percebe como estamos apegados ainda aos bens materialísticos e instáveis, em situações passageiras e vazias, que se vão como a poeira depois do vento? Precisamos estabelecer alicerces fortes e nos afastar de desejos infantis e egoísticos. Apostar na grandeza de Deus e do Universo.

Em Eclesiastes 3 nos ensina:

1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

2 Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;

3 Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;

4 Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;

5 Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;

6 Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;

7 Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;

8 Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

Não deixe que este tempo de Natal se perca em meio às coisas materiais. Que este momento tão especial que é o Natal seja repleto de boas vibrações, de muita reflexão e entrosamento com o Poder Superior. Afinal de contas, o nosso contato com Deus é um exercício diário. É algo a ser cultivado e regado com muita prece e boas ações.

A nossa relação com Deus faz com que tenhamos mais facilidades de superar os obstáculos. Ele é e sempre será o nosso consolo.

Se você não sabe por onde começar a se religar com Deus, faça a experiência de agradecer. A gratidão é o melhor caminho. Agradeça o ar que você respira, a sua saúde, a prosperidade, a vida dos seus filhos, a vida dos seus familiares, o seu trabalho e porque não, também as dificuldades? Como diz Paulo de Tarso:

“Em tudo dai graças, porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco” (Paulo de Tarso – I Tessalonicenses, 5:18)

E jamais pense: Deus se esqueceu de mim. Pense, você deve ter se afastado dele. Recorde em que momento Ele deixou de ser o mais importante para sua vida. Mas Deus não é rancoroso. Ele está sempre disposto a reatar a relação, faça uma ligação direta com ele. Certamente esta reaproximação virá, pois Deus é amor, e o seu amor por nós é infinito!

Deixe seu comentário:

WhatsApp