Conheça a vida e obra da médium Yvonne do Amaral Pereira

“Yvonne do Amaral Pereira tem para o movimento espírita a mesma importância de Chico Xavier”. É com essa frase impactante que a espírita, Sandra Ventura, mostra a magnitude da vida e obra da médium.

Ainda de acordo com Sandra Ventura, Chico nos presenteou com uma grande obra literária e Yvonne também contribuiu com muitas bênçãos como informações e conteúdo doutrinário.

Yvonne do Amaral Pereira

Yvonne nasceu no dia 24 de dezembro do ano de 1900, em Rio das Flores (RJ). E desencarnou em 9 de março de 1984, também no Rio de Janeiro, com 83 anos. Foi filha de Manuel José Pereira Filho, um pequeno comerciante, e de Elizabeth do Amaral. Yvonne cresceu numa família espírita.

Aos vinte e nove dias de nascida, teve um colapso e tudo foi preparado para seu enterro – naquela época as pessoas eram enterradas antes de 24 horas. Sua mãe tinha uma intuição que ela não estava morta. Foi então que se recolheu ao quarto, rezou à Maria, mãe de Jesus, para que ela permitisse que sua pequena não fosse enterrada. Após alguns momentos, Yvonne do Amaral Pereira acordou. 

Com quatro anos, ela já ouvia espíritos. Um episódio desta fase merece destaque. Como ela tinha uma mediunidade avançada, as lembranças de vida anterior sempre lhe vinham à mente. À tarde, depois de tomar banho, ela exigia o vestido bonito e reclamava pela carruagem que a deveria levar a passeio.

Outra fala recorrente dela se referia ao seu verdadeiro pai. Segundo Yvonne, Charles era seu progenitor. Ele foi um espírito que a acompanhou como um pai amoroso por muitas encarnações. Ao avistar seu pai encarnado, Manuel, Yvonne sempre dizia: “você não é meu pai”.  Com sua inocência, apontava para o nada, afirmando que aquele que “aquele” era o seu pai.

Contato com a doutrina espírita

Aos doze anos teve o primeiro contato com a doutrina espírita. Ela ganhou de presente de Manuel “O Evangelho segundo o Espiritismo” e o “Livro dos Espíritos”. Com treze anos, começou a frequentar sessões espíritas. A partir da adolescência, começou a exercer a sua mediunidade e a escrever diversas obras. As mais famosas são: “Memórias de um Suicida”, “O Drama da Bretanha”, “A Tragédia de Santa Maria”, entre muitos outros.  

Você pode adquirir as obras de Yvonne na Loja Mundo Maior.

 

Fontes: Mundo Espírita, e FEBtv Federação Espírita Brasileira.

 

deixe um comentário

WhatsApp chat