Dia do Cinema Brasileiro

No dia 19 de junho comemora-se o Dia do Cinema Brasileiro, data esta que é uma homenagem ao dia em que o italiano e cinegrafista Afonso Segreto registrou as primeiras imagens em movimento no território brasileiro, em 1898. O cinegrafista gravou imagens da entrada da baía de Guanabara, no Rio de Janeiro, a bordo do navio Brésil.

Conhecido também como sétima arte, no Brasil, o cinema passou por altos e baixos, porém produziu e continua produzindo sucessos que ganham destaques no mundo, por exemplo, Tropa de Elite, Cidade de Deus, Se eu Fosse Você, entre outros.

E com a diversidade dos cinemas brasileiros, as produções espíritas também ganham destaque, por exemplo:

o filme dos espiritosO Filme dos Espíritos (2011)

O longa que tem na direção André Marouço e produção da Mundo Maior Filmes é baseado na obra de Allan Kardec, “O Livro dos Espíritos” e conta a história de Bruno Alves que, aos 40 anos, perde a esposa e fica arrasado. Em seguida, perde o emprego e entra em profunda tristeza, vendo no suicídio a sua única saída.

No entanto, ao deparar-se com “O Livro dos Espíritos”, uma das obras básicas da Doutrina e codificada em 1857, percebe uma nova realidade e começa a busca pela felicidade pessoal através da compreensão dos mistérios da vida.

Trailer: www.youtube.com/watch?v=9k9aYS7_i8E

Nosso Lar (2010)

Nosso LarCom direção de Wagner de Assis, o filme que é baseado na obra homônima escrita através da psicografia de Chico Xavier, narra a história de André Luiz que ao abrir os olhos sabe que não está mais vivo, apesar de ainda sentir sede e fome.

Ao seu redor ele apenas vê uma planície escura e desértica, marcada por gritos e seres que vivem na sombra. Após passar pelo sofrimento no purgatório, André é levado para a cidade de Nosso Lar. Lá ele tem acesso a novas lições e conhecimentos, enquanto aprende como é a vida em outra dimensão.

E ainda neste ano, estreia Nosso Lar 2 – Os Mensageiros, o longa relatará as experiências de Espíritos que reencarnaram com instruções especificar para atingir o aprimoramento pessoal, mas que nem sempre foram bem-sucedidos em suas tarefas.

Trailer: www.youtube.com/watch?v=7WaMdCPZRuI

Chico Xavier (2010)

Com a direção de Daniel Filho, o longa é uma adaptação para o cinema que descreve a vida do médium Chico Xavier, sua atividade mediúnica e filantrópica.

O filme descreve uma vida conturbada com lutas e amor.

Desde criança, Chico Xavier ouvia vozes e via pessoas que já tinham falecido. Ao crescer, o ator Angelo Antônio interpreta o dom para psicografar cartas. Logo se torna um ícone em sua cidade natal, despertando a ira do novo padre, já que publica livros de pessoas famosas que já tinham desencarnado.

Trailer: www.youtube.com/watch?v=-GQOtVVHW1E

E ainda confira alguns flashes históricos do cinema nacional

1930: surgiram as primeiras empresas cinematográficas;

1960: marco inicial da prosperidade cinematográfica nacional, com o lançamento do filme “O Pagador de Promessas”, o primeiro a ganhar um prêmio no país, a Palma de Ouro do Festival de Cinema de Cannes;

1970 e 1980: com a projeção de filmes de consumo fácil (temáticas simples, pouca qualidade, apelativos, etc.) este período entra em crise, com algumas exceções de boas e inteligentes produções;

1990: desta década até hoje o país conta com grande apoio de patrocinadores e políticas de incentivo, com isso os gêneros da comédia, drama, policial, entre outros, estimulam a presença de grande número de espectadores.

deixe um comentário

WhatsApp chat