Doenças como processo evolutivo

Para algumas pessoas, estar doente é rotineiro, e os dias de sentir-se bem são poucos e distantes. No entanto, muitas vezes, elas não sabem como os ressentimentos influenciam no seu estado de saúde.

Controlar as emoções é uma tarefa para viver com saúde. Esta é a opinião do médium, Divaldo Franco, num seminário do 19° Encontro Fraternal, na cidade de Santo André-SP.

Divaldo inicia o seminário relatando sobre a importância de nos libertar das amarras do passado na busca por uma melhor saúde.

“Quando vem a doença, algo está nos chamando para a nossa conduta. Devemos perguntar: ‘o que a doença está querendo me dizer’”, disse o médium.

O médium relatou que passou por um momento desagradável em sua vida, o que gerou uma doença no seu coração. Ele contou que, anos antes da enfermidade, ele teve um desejo de “sair de cena para que os outros atores se esquecessem dele”.

Em seguida, Divaldo explicou que a metáfora significava que ele apenas tinha o desejo de se livrar daquela situação incômoda e não por fim a própria vida. Segundo o médium, esta ação gerou uma marca profunda no seu inconsciente.

Portanto, o momento de doença em que estava passando era o seu inconsciente atendendo seu desejo daquela época. Divaldo destacou a importância de elegermos o que há de melhor para nós.

O espiritismo ensina que devemos estar em paz conosco, com a nossa vida e com as pessoas. Como estamos em processo evolutivo, nada ocorre na encarnação por acaso. “Graças a esse acontecimento eu cresci em outra direção, adquiri asas, e fiquei alegre porque aquilo me aconteceu”, afirmou Divaldo. Todas as ações que tomamos decorrem de pensamentos que temos.

Embora vivendo dias de desordem, de incertezas, de violência e de desencanto, apenas a fórmula do amor cura todas as enfermidades. Façamos aos outro aquilo que queremos que façamos conosco. Quando a paz profunda se estabelece no ser, a paz externa chega no organismo.

Fonte:  Divaldo Franco: doença.

Para saber mais sobre o assunto, assista:

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

leave a reply

WhatsApp chat