QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vai ao Pai se não por mim.” Jesus

Estudo_espirita

Dia Mundial de Luta contra Aids

Enviado em 1 de dezembro de 2018 | Publicado por Rádio Boa Nova

Dia Mundial de Luta contra AidsO dia 1º de dezembro foi instituído como Dia Mundial de Combate à Aids ou Dia Mundial de Luta contra Aids.

Esta data foi adotada em 1987 pela Assembleia Mundial da Saúde com apoio da Organização das Nações Unidas – ONU e no Brasil foi oficializada um ano depois.

O vírus da Imunodeficiência Humana, conhecido pela sigla em inglês HIV, é o causador da Aids que agride especificamente o sistema imunológico, responsável por defender o organismo de doenças.

Muitos soropositivos vivem anos sem apresentar sintomas e sem desenvolver a doença, podendo transmitir o vírus a outras pessoas pelas relações sexuais desprotegidas, compartilhamento de seringas contaminadas ou de mãe para filho durante a gravidez e a amamentação. Este diagnóstico explica porque ter HIV não significa ter Aids

Entre os anos de 2001 e 2012 as ocorrências de novas infecções diminuíram 33%, afirma a ONU – Organização das Nações Unidas. Apesar disso, temos que seguir batalhando contra esta epidemia com atitudes éticas, comportamentais e espirituais:

  • Utilizar o que a ciência comprova ser eficaz (uso da camisinha, distribuição de seringas para dependentes de drogas, etc.);
  • Fazer o teste e se proteger em todas as situações;
  • Eliminar o preconceito, a discriminação e a violação dos direitos humanos.

Com estes exemplos percebemos a necessidade da luta contra a Aids.

Enfermidade como meio de evolução

De acordo com o médico clínico geral, ortomolecular, homeopata e comunicador do programa Allegrum Vivi, Rubens Cascapera, todas as doenças são aprendizados do espírito:

“Entendo que o espírito “escolhe” a maneira da lição.

Segundo André Luiz na preparação da encarnação, teremos as questões que trazemos para “desintoxicação’ durante a reencarnação e as doenças são muitas vezes os canais de desintoxicação. Porém poderemos através do aprendizado e novas posturas não precisarmos necessariamente adoecer, e os genes que seriam “ativados” não o seriam e ficaríamos livres da doença. Portanto para mim o carma é a correção de postura que podemos pedir antes de reencarnar (congênita) ou durante a encarnação (adquirida)”.

Esclarecendo o motivo da existência das doenças, descobrimos que elas também fazem parte da nossa evolução e desta forma respeitamos o próximo, eliminando preconceitos e lutando por uma sociedade mais humana”.

Rubens Cascapera completou:

“A conduta preventiva do comportamento  é que deve ser observada, a medicina só é um instrumento para educar o ser humano nas questões de saúde física, mas a saúde  tem o aspecto emocional, social, espiritual, etc. O livre arbítrio é imperativo, porém relativo quando se trata de seres muito infantis como nós, por isso, não acredito em destino, mas em consequência natural dos fatos”.

Vamos conviver bem com os soropositivos, deixando de lado preconceitos e discriminações sem fundamento, pois doenças (no geral) também servem como aprendizado para o alcance da plena evolução dos espíritos.

“As doenças pertencem às provas e às vicissitudes da vida terrena. São inerentes à grosseria da nossa natureza material e à inferioridade do mundo que habitamos… Nos mundos mais avançados, física e moralmente, o organismo humano, mais depurado e menos material, não está sujeito às mesmas enfermidades que o nosso, e o corpo não é minado secretamente pela devastação das paixões.” O Evangelho Segundo o Espiritismo – cap. XXVIII – Coletânea de Preces – Prece pelos Doentes.

Deixe seu comentário:

WhatsApp