QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“A melhora de tudo para todos começa na melhora de cada um.” Emmanuel

Como praticar o espiritismo?

Enviado em 25 de setembro de 2017 | Publicado por Rádio Boa Nova

O espiritismo é o conjunto de princípios e leis, que são revelados pelos Espíritos Superiores, presentes nas obras de Allan que constituem a Codificação Espírita.

O Espiritismo é uma ciência que trata da natureza, origem e destino dos Espíritos, bem como de suas relações com o mundo corporal”. ( Allan Kardec “O que é Espiritismo” – Preâmbulo)

A Codificação Espírita é um conjunto de obras escritas no século XIX por Allan Kardec. São elas:

  • O Livro dos Espíritos

Nesta obra, os espíritos explicam tudo o que a humanidade estava preparada para compreender e receber, além de esclarecer enigmas como: de viemos?; por que estamos aqui?; para onde vamos?, etc.

  • Livro dos Médiuns

É um manual para aqueles que desejam participar das atividades mediúnicas ou que queiram conhecer os mecanismos da mediunidade.

  • O Evangelho Segundo o Espiritismo

Trata dos ensinamentos morais de Cristo e as aplicações às situações da vida;

  • O Céu e o Inferno

Neste livro, Allan Kardec fala sobre: Quais as causas do temor da morte?; Existe o Céu e o Inferno?; entre outros. Na segunda parte, ele fala das comunicações dos Espíritos, que são classificados por categorias (feliz, sofredores, suicidas).

  • A Gênese

A Ciência e o espiritismo se completam. O estudo das leis da matéria devia preceder o da espiritualidade, pois é a matéria que primeiro fere os sentidos. Se o Espiritismo tivesse vindo antes das descobertas científicas, teria tido sua obra abortada, como tudo o que vem antes de seu tempo.

Como praticar o espiritismo?

A prática espírita é realizada com simplicidade. A mediunidade permite uma comunicação dos Espíritos com os homens, além de ser uma faculdade que muitos trazem consigo ao nascer.

Allan Kardec, no livro Nosso Lar, apresenta a seguinte passagem:

Colocar os interesses divinos acima dos caprichos humanos.

Negar-se a si mesmo, tomar a cruz da elevação e seguir com o Senhor.

Reformar-se em Cristo, antes de reclamar a reforma dos outros.

Exemplificar o bem, antes de ensiná-lo.

Servir sem propósitos de recompensa.

Consolar, antes de procurar consolações.

Amar sem exigências.

Usar os bens do Pai, sem os desvarios da posse.

Compreender, antes de reclamar compreensão alheia.

Agradecer, antes de pedir.

Confiar sem angústias.

Cumprir todos os deveres da cooperação, sem as trevas da incompreensão e da queixa.

Jesus é caminho, verdade e vida.

Kardec é Trabalho, Solidariedade e Tolerância.

O Caminho da realização não dispensa o trabalho.

O templo da Verdade não exclui a solidariedade legítima.

A Vida eterna pede a luz da tolerância construtiva.

O Espiritismo em seu tríplice aspecto, científico, filosófico, religioso, é movimento libertador das consciências, mas só o Espiritismo praticado liberta a consciência de cada um.

Lembrando o grande Missionário, não vos esqueçais de que o Espiritismo prático pode ser o Espiritismo do eu e que só o Espiritismo praticado é o Espiritismo de Deus. (Emmanuel)

Fontes: Rede Amigo Espírita | FEB | Blog Mundo Maior

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

 

Deixe seu comentário:

WhatsApp