QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

-->

“Estude a si mesmo, observando que o autoconhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz.” André Luiz

Evangelho e Reforma Íntima

Evangelho: Não vim destruir a lei – Programa Espiritismo sem Mistério

Enviado em 6 de fevereiro de 2019 | Publicado por Rádio Boa Nova

não vim destruir a leiO primeiro capítulo da obra O Evangelho Segundo o Espiritismo tem como título: Não vim destruir a lei. O que isso quer dizer?

No início Allan Kardec apresenta uma passagem de Mateus, que diz:

“Não pensei que eu tenha vindo destruir a lei ou os profetas; não os vim destruir, mas cumpri-los; porquanto em verdade vos digo que o céu e o Terra não passarão, sem que tudo o que se acha na lei esteja perfeitamente cumprido, enquanto reste um único iota e um único ponto”.

O próprio título do capítulo já mostra o objetivo que é: compreender que as lições de Jesus não contrariam as lei naturais ou divinas.

A partir disso Kardec, estabeleceu raciocínios em torna das três revelações, que são: Moisés, Cristo e Espiritismo.

Moisés

A primeira revelação diz respeito a Moisés, Kardec nos ensina que há existência de duas partes distintas em suas leis: a Lei de Deus, que foi promulgada no Monte Sinai e a lei civil ou disciplinar, estabelecida por Moisés. Portanto, a segunda lei diz respeito a lei humana, que é apropriada aos costumes e ao caráter do povo, além de se modificar com o tempo.

Lei de Deus

A Lei de Deus que é formulada nos dez mandamentos, é de todos os tempos e de todos os países. E ainda, tem o caráter divino.

Lei dos Homens

Já está lei é variável, ela muda de acordo com os costumes, os hábitos dos homens. Portanto, toda mudança que é realizada pela maioria dos homens de uma nação, transforma-se em lei civil.

De acordo com o Evangelho Segundo o Espiritismo, todas as outras leis criadas por Moisés para conter um povo turbulento e indisciplinado, no qual, ele tinha que combater os abusos e os preconceitos que foram adquiridos.

“A autoridade do homem precisava apoiar-se na autoridade de Deus; mas só a ideia de um Deus terrível podia impressionar criaturas ignorante, nas quais ainda pouco desenvolvidos se encontravam o senso moral e o sentimento de uma justiça reta” (O Evangelho Segundo o Espiritismo)

Portanto, as leis humanas eram adequadas à um povo. E mais de mil anos, Jesus, disse que não veio destruir a lei, isto é, a Lei de Deus.

Jesus

Como foi dito acima, Jesus não veio destruir a lei. E sim, cumpri-la, ou seja, desenvolvê-la. Já em relação às leis de Moisés, Ele, as modificou profundamente tanto na substância como na forma.

Os dois primeiros mandamentos de Moisés referem-se a Deus, já os outros falam do próximo. Portanto, Jesus auxiliou no desenvolvimento moral e intelectual, para dar assim, cumprimento ao amor e a à justiça divina.  Enviando espíritos superiores com o objetivo de despertar a humanidade, que ainda possuem dificuldades em apreender as leis de Deus.

E ainda, a grandeza da missão de Jesus é demonstrada por meio de seus ensinos, de sua vivência, no amor e sabedoria.

Então, o que Ele quis dizer com a frase: “O céu e a Terra não passarão sem que tudo esteja cumprido até o último iota”?

Jesus fala da necessidade do cumprimento da lei divina na Terra, com toda pureza, com todas as ampliações e sabedoria.  

Além disso, Ele nos ensinou também que a verdadeira vida não se encontra na Terra, lugar em que a lei de destruição é necessária para a evolução. A verdadeira vida é o Reino de Deus.

Espiritismo

A doutrina espírita é a nova ciência que permite o homem um melhor entendimento a respeito da natureza espiritual.

“Assim como o Cristo disse: ‘Não vim destruir a lei, porém cumpri-la’”, também o Espiritismo diz: ‘Não venho destruir a lei cristã, mas dar-lhe execução’”.

     (…) Ele (espiritismo) no-lo mostra, não mais como coisa sobrenatural, porém, ao contrário, como uma das forças vivas e sem cessar atuantes da Natureza, como a fonte de uma imensidade de fenômenos até hoje incompreendidos e, por isso, relegados para o domínio do fantástico e do maravilhoso.

É a essas relações que o Cristo alude em muitas circunstâncias e daí vem que muito do que Ele disse permaneceu ininteligível ou falsamente interpretado.

O Espiritismo é a chave com o auxílio da qual tudo se explica de modo fácil.(…) (Evangelho Segundo o Espiritismo)

Saiba mais sobre o tema Não vim destruir a lei no programa Espiritismo sem Mistério:

Parte 1

Parte 2

Parte 3

Parte 4

 

Fonte: Centro Espírita Batuíra

 

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

Deixe seu comentário:

WhatsApp