QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

-->

“Estude a si mesmo, observando que o autoconhecimento traz humildade e sem humildade é impossível ser feliz.” André Luiz

Evangelho e Reforma Íntima

Parábola do Semeador – Evangelho Segundo o Espiritismo

Enviado em 5 de fevereiro de 2019 | Publicado por Rádio Boa Nova

Parábola do Semeador - Evangelho Segundo o EspiritismoA Parábola do Semeador poderia ser mais uma das muitas histórias contadas por Jesus e de fato pouco praticada por nós, seres humanos em evolução. É justamente essa reflexão que a Parábola do Semeador nos proporciona: Como estamos utilizando os ensinamentos de Jesus e de que maneira os colocamos em prática?

Na obra O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec faz uma breve e coerente análise relacionando os conceitos da Parábola do Semeador as, segundo ele “diferentes categorias de espíritas”. Jesus conta nesta parábola quatro situações em que suas palavras podem ou não frutificarem.

O Semeador de sua parábola saiu a semear e no caminho caíram algumas de suas sementes. Há aquelas que os pássaros comeram, estas representam os ensinamentos que não são tratados com a devida seriedade. Allan Kardec os relaciona aos curiosos que apenas observam os fenômenos estudados pela Doutrina.

Estes tido como pássaros sequer se aproximam de toda a base moral e filosófica proporcionada pelo Espiritismo. Estes não serão semeados e infelizmente não darão frutos.

No decorrer da Parábola do Semeador, Jesus conta que algumas das sementes caíram sobre pedregulhos e logo brotaram, porém, sem raízes profundas secaram com o calor do Sol. Estas sementes representam as alegrias e vislumbres momentâneos em relação aos aprendizados do Espiritismo.

Allan Kardec questiona sobre estes dizendo que são os que se “preocupam com o lado brilhante da comunicação dos Espíritos, pelas quais só se interessam quando lhes satisfazem à imaginação”. Porém, estes se mantêm frios e indiferentes aos ensinamentos morais como eram antes das comunicações.

A última das sementes improdutivas são aquelas abafadas pelos espinheiros que logo crescem sobre o broto, matando facilmente antes de crescer. Os espinheiros representam as coisas terrenas e materiais que sufocam a evolução do ser humano.

Segundo Kardec, as pessoas cuja representação se encaixa a este trecho da Parábola, são aquelas que reconhecem e admiram os ensinamentos de Jesus e da Doutrina, mas cobram os outros e não a si mesmos. Isso decorre de sua visão ainda materialista e dos aspectos falhos, como o orgulho e a vaidade.

De certo que as pessoas as quais são representadas pelas situações acima não estabeleceram sua fé em boas estruturas, mas sim em áreas instáveis. Para tal é preciso exercitar o autoconhecimento e o amor a si mesmo.

O uso equilibrado da razão e das emoções viabiliza a semeadura das palavras de Jesus em terras férteis, as quais farão brotar e frutificar as sementes do amor, da caridade e da fé inabalável.

E você, está batalhando para tornar-se uma terra fértil?

 

Leia também:

 

 

Para saber mais sobre o assunto, assista:

 

Como entender a Parábola do Semeador? | Abrindo a Bíblia

 

Parte 1

 

Parte 2

 

Parte 3

 

 

Fonte: O Evangelho Segundo o Espiritismo, Capítulo XVII – Parábola dos Talentos.

 

Escrito por: Ricardo Guelfi de Souza

Estudante de Jornalismo na Universidade Anhembi Morumbi. Estagiário de Marketing na TV Mundo Maior.

 

Você gostou deste conteúdo?

Todo o conteúdo produzido pela Fundação Espírita André Luiz é aberto e gratuito e, com a sua ajuda, sempre será.

Ao todo são transmitidas 180 horas mensais de programas ao vivo e 240 horas mensais de programas inéditos através de nossos canais de comunicação: Rádio Boa Nova, Tv Mundo Maior e Portal do Espírito. Nós acreditamos que o acesso aos ensinamentos da doutrina espírita muda o mundo, mas manter uma estrutura deste porte é muito caro, por isso a importância do apoio de nossos leitores.

Quando você apoia iniciativas como a nossa, você faz com que pessoas que não podem pagar pela informação continuem tendo acesso a ela.

Ajude o espiritismo a alcançar mais pessoas

Apoie essa causa <3

Deixe seu comentário:

WhatsApp