QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“Aquele que crê em mim nunca estará sozinho.” Jesus

Evangelho e Reforma Íntima

Por que damos ênfase a dor e ao sofrimento?

Enviado em 8 de novembro de 2018 | Publicado por Rádio Boa Nova

dor e sofrimentoNo livro Luz nas Trevas, por meio da psicografia de Joanna de Ângelis, Divaldo Pereira Franco, escreve:

“A dor é mão generosa que guia e braço forte que submete aqueles que necessitam de paz”.

Por que damos tanta ênfase a dor e sofrimento?

A doutrina espírita nos ensina que a dor e o sofrimento são passageiros | temporários. E que eles podem ser melhorados por meio de mudanças de hábitos, ações e atitudes.

E ainda, o espiritismo fala que em nosso atual estágio evolutivo, temos a necessidade da dor e do sofrimento para que assim possamos progredir espiritualmente.

Léon Denis, nos apresenta a seguinte passagem:

“Tudo o que vive neste mundo, natureza, animal, homem, sofre, e mesmo assim, o amor é a lei do universo e por amor foi que Deus formou os seres”.

Ou seja, a natureza sofre com os desmatamentos; os animais sofrem maus tratos; e a humanidade é responsável pelo próprio sofrimento, além de contribuir com a que das outras criaturas.

Entretanto, apesar de todos esses problemas, Deus, nos apresenta a Lei de Amor, para nos acalmar e ajudar em nossa evolução espiritual.

“A dor é uma lei de equilíbrio e educação. Sem dúvida, as falhas do passado recaem sobre nós com todo o seu peso e determinam as condições de nosso destino. O sofrimento não é, muitas vezes, mais do que a repercussão das violações da ordem eterna cometidas.”

E completa:

“Todos os seres têm de, por sua vez, passar por ele”:

Portanto, enquanto nossos pensamentos e atitudes não estiverem em equilíbrio com a lei de amor, continuaremos cometendo faltas e excessos. E este processo, faz parte da nossa evolução tanto material como espiritual. E somente com as dores é que vamos aprender sobre o amor, a caridade, a benevolência.

Leia também: Espiritismo: O que é a Lei de Amor?

Por que é tão difícil entendermos os sofrimentos?

A dor e o sofrimento corroem nossa energia, nos machuca, nos deixa frágeis, etc. E por conta disso, muitos não entendem porque sofremos.

Muitos querem refazer a vida, conquistar algo, sem sacrifícios. Entretanto, devemos lembrar que a dor machuca também o homem honesto.

“A alma virtuosa é mais sensível por ser mais adiantado o seu grau de evolução; depois, estima muitas vezes e procura a dor, por lhe conhecer todo o valor”.

Isso é diferente daqueles que buscam somente o sofrimento e a humilhação pelo simples fato de fazer.

E na existência terrena, com coragem temos a capacidade de suportar os sofrimentos com discernimento e clarividência. E ainda, o amor é o alicerce de todos os seres.

“Mantém a alegria de viver e transforma a tua jornada em uma senda de bênçãos, rica de contribuições de paz e serviço”.

Fonte: Clarim

Deixe seu comentário:

WhatsApp