Motorista ajuda passageiros cegos a atravessar rodovia e mostra solidariedade

A boa ação de um motorista de ônibus que ajudou dois cegos a atravessar uma rodovia no Distrito Federal, em Brasília, foi parar nas redes sociais. A mostra de amor com o próximo do condutor foi registrada por outros passageiros que estavam no ônibus. Gean Carlo Batista demonstrou a gentileza com os portadores de deficiência visual em junho passado. Ao passar na rodovia BR-040, o condutor parou o coletivo e ajudou os transeuntes a passar pela perigosa rodovia com segurança.

Esse ato evidenciou que a solidariedade (uma ação que eleva o espírito) ainda está presente no dia a dia das pessoas. “Não sei por que fiz isso. Achei que não me custaria nada”, disse Batista ao portal Só Notícia Boa. “Tinha outras pessoas sim no ônibus, mas ninguém reclamou, não. E o pessoal agradeceu por ter ajudado”, acrescentou.

O motorista respeitou um princípio básico de amor ao próximo, a solidariedade. Allan Kardec abordou esse tema na questão 768 do “Livro dos Espíritos”. Ele pergunta aos desencarnados: o homem, ao buscar a sociedade, obedece apenas a um sentimento pessoal ou há também nesse sentimento uma finalidade providencial de ordem geral?”

A resposta foi a seguinte: “O homem deve progredir, mas sozinho não o pode fazer porque não possui todas as faculdades; precisa do contato dos outros homens. No isolamento, ele se embrutece e se estiola”. Concluímos assim que devemos vamos amar as pessoas, exercer a caridade e prestar o suporte aos mais necessitados. Espalhando os bons costumes ocorre o que diz o ditado: gentileza gera gentileza.

Fonte: Só notícia boa e O Consolador

Crédito da foto: Adrian Reis

 

leave a reply

WhatsApp chat