QUER RECEBER NOSSAS NOTÍCIAS EXCLUSIVAS?

“A melhora de tudo para todos começa na melhora de cada um.” Emmanuel

Artigos

O que dizer das pessoas que se aproveitam da fragilidade alheia?

Enviado em 23 de janeiro de 2018 | Escrito por Eliete Ribeiro | Publicado por Rádio Boa Nova

Quem nunca conheceu alguém que quer tirar vantagem de tudo, aquelas que literalmente agem de má fé? Da mesma forma que há pessoas que sempre estão dispostas a ajudar existem aquelas que querem sair por cima de tudo e ganhar sempre. E não importa se isto vai prejudicar a outra pessoa, se está causando um tremendo mal estar, ou até mesmo deixando a outra pessoa doente. São pessoas estas que se esquecem que todos nós somos filhos de Deus. Mas quem faz o mal ao outro com certeza estão nos vales sombrios dos pensamentos ruins e negativos.

É muito triste saber que existem pessoas cruéis, que mentem, inventam histórias, fingem ser uma pessoa que não é, brincam com os sentimentos dos outros. Utilizam-se de máscaras. E muitas vezes pela confiança apresentada, você acaba compartilhando toda a sua vida, acreditando que esta pessoa poderá contribuir de alguma forma para resolver uma situação de difícil solução. Qual não é a surpresa e a decepção, quando se percebe que está sendo enganado.

No Sermão da Montanha, no Evangelho de Lucas, a frase é dita após o mandamento de Amar os Inimigos, Jesus disse:

“Digo, porém, a vós que me ouvis: Amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam, bendizei aos que vos maldizem, orai pelos que vos insultam. Ao que te bate numa face, oferece-lhe também a outra; e ao que te tira a capa, não lhe negues a túnica. Dá a todo o que te pede; e ao que tira o que é teu, não lho reclames. Assim como quereis que vos façam os homens, assim fazei vós também a eles”. (Lucas 6:27-31)

Agem de maneira amistosa quando lhe convém e em outros agem de forma deplorável. Mas estas pessoas se esquecem que somos pequenos diante da magnitude de Deus. E ele jamais nos desampara. Ele nos mostra o caminho. Mesmo que quem nos engane, este engano não é para sempre. Com o passar do tempo, depois de muita tristeza, angústias e incertezas e até negligências, vem a solução e a verdade aparece sem sombras de dúvidas. Até porque, com o passar do tempo, não nos deixamos cair em certas armadilhas, a maturidade nos leva a ter mais esperteza. Às vezes, as pessoas pensam que estão conseguindo nos enganar, quando na verdade, pode demorar um pouco, mas sempre descobrimos a verdade. Vamos juntando os fatos, percebendo os momentos que esta pessoa nos passou a perna e brincou com os nossos sentimentos e fez com que nos apégassamos a esta gentileza falsa, rodeada por atitudes que pareciam transparentes, mas quando na verdade eram podres e fétidas.

Allan Kardec, em Obras Póstumas nos diz o seguinte sobre este comportamento:

“É coisa sabida que a maioria das misérias dêste mundo são devidas ao egoísmo humano. Cada um só pensa em si, não se lembra dos outros e procura antes de tudo a satisfação própria, tratando naturalmente, de conseguir o que deseja a todo custo, sacrificando sem qualquer escrúpulo o interesse alheio, tanto nas pequenas coisas como nas maiores, de ordem moral como de ordem material. Daí os antagonismos sociais, as lutas, os conflitos e dificuldades de toda ordem, pois cada um ambiciona o que o outro possui”.

Fica a reflexão para que tenhamos sabedoria para detectar quando alguma coisa não está cheirando bem!

Deixe seu comentário:

WhatsApp