O que o espiritismo diz sobre a homossexualidade?

 Nesta semana a decisão de um juiz do Distrito Federal favorável a um grupo de psicólogos que pedem para oferecer terapias de reversão sexual, a chamada “cura gay”, ganhou destaque na mídia. Desde 1999 essas terapias são proibidas pelo Conselho Federal de Psicologia – CFP, que juntamente com a OAB – Ordem dos Advogados do Brasil vão recorrer da decisão.

A doutrina espírita não possui dogmas, ela é baseada na filosofia, ciência e religião, que nos esclarecem e nos ensinam a melhor forma possível para o caminho do progresso moral.

O espiritismo nos ensina também que não existe diferença entre os seres humanos, todos são filhos de Deus. Por isso, a doutrina espírita não é contra o homossexual, e sim, contra qualquer forma de desrespeito e promiscuidade.

No Livro dos Espíritos, questão 200, Allan Kardec indaga aos espíritos:

Têm sexos os Espíritos?

Resposta: “Não como o entendeis, pois que os sexos dependem da organização. Há entre eles amor e simpatia, mas baseados na concordância dos sentimentos.”

De acordo com a doutrina espírita a homossexualidade pode estar relacionada a espíritos que reencarnam apenas em um corpo de sexo, e ao reencarnar em outro corpo carrega sensações que foram experimentadas em outras encarnações.

No programa Pinga-fogo, da extinta TV Tupi, Chico Xavier, apresentou uma série de considerações a respeito da homossexualidade. Segundo o médium, a homossexualidade é uma condição da alma humana e que não deve ser considerada como um fenômeno espantoso e atacáveis pelo ridículo da humanidade.

“Tanto como acontece com a maioria que desfruta de uma sexualidade dita normal, aqueles que são portadores de sentimentos de homossexualidade ou bissexualidade são dignos do nosso maior respeito.”

Jesus nos ensinou que devemos sempre amar ao próximo, independentemente de sua classe, cor, opção sexual, cargo.

Confira a obra “Um amor diferente”, de João Alberto Teodoro, que livro relata a existência do Amor em uma relação homossexual. Tal relação, quando isenta de promiscuidade, nada tem de imoral, mas indica que os envolvidos, depois de reencarnados, escolheram caminhos diversos daqueles que planejaram ao aportar para uma nova reencarnação. A grande mensagem é que o Amor pode estar em todos os lugares e, quando puro, sempre une as almas com a Luz do Cristo.

“Um amor diferente” está a venda na Mundo Maior Editora. Acesse: https://www.mundomaior.com.br/um-amor-diferente-nossas-escolhas.html#.WclQEbKGPIU.

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

leave a reply

WhatsApp chat