Obsessão espiritual: quais os sintomas? – Programa Alvorada

Obsessão, do latim “obsedere”, quer dizer ato de cercar ou rodear algo ou alguém de maneira insistente. E ainda, para a doutrina espírita este tema é muito delicado e requer atenção.

Como vimos anteriormente no texto “Obsessão Espiritual”, Allan Kardec, em O Livro dos Médiuns, apresenta a seguinte característica a respeito deste tema:

“O domínio que alguns Espíritos exercem sobre certas pessoas. É praticada unicamente por Espíritos inferiores, que procuram dominar, pois os espíritos bons não impõem nenhum constrangimento”.

E ainda, o espiritismo nos ensina que a obsessão espiritual é uma via de mão dupla e que ninguém está livre de ataques energéticos, por exemplo, às vezes parece que quanto mais lutamos contra algo ruim, pior fica. Lembre-se que ela existe, e apresenta os seguinte tipos:

  • Obsessão de encarnado para encarnado
  • De desencarnado para desencarnado
  • De encarnado para desencarnado
  • Desencarnado para encarnado
  • Obsessão recíproca
  • Auto-obsessão

Sintomas da obsessão espiritual

Muitas vezes o assédio obsessivo está ligado a várias questões, por exemplo, quando um amigo consegue um bom emprego, e o outro não consegue acaba criando  inveja, rancor, raiva, e com isso, não consegue se livrar desses ataques obsessivos.

E os principais sintomas são:

  • Pensamentos negativos
  • Falta de prazer pela vida e pelos relacionamentos (baixo autoestima)
  • Choro compulsivo e uma maior sensibilidade
  • Compulsões, por exemplo, por comida, drogas
  • Dificuldades e brigas no trabalho e em casa
  • Enxaquecas, dores de estômago, náuseas
  • Agressividade
  • Se fazer de vítima e julgar os outros

Como notar esses sintomas?

  • Note se você possui ideas torturantes que fixam em suas mentes
  • Vontades que são dominadas
  • Desequilíbrio tanto emocional como espiritual
  • Inquietação

Podemos combater a obsessão espiritual? Como?

Sim, pensando sempre positivo, afinal, os nossos pensamentos tem poder. Por isso, vibre, pense sempre em coisas positivas. Faça preces, vibrações.

A partir do momento em que nos protegermos, sem medo, sem culpa e com muito amor seguiremos para o caminho do bem. E ainda, perdoe e não maltrate ou julgue ninguém.

Saiba mais sobre o assunto no programa Alvorada:

 

 

Por Juliana Chagas 

Jornalista e produtora da Rádio Boa Nova

deixe um comentário

WhatsApp chat